Ituran não renova seguro com rastreador e clientes reclamam

Empresa pegou usuários do serviço de surpresa e deixou de atender temporariamente motoristas de app. Produto será repaginado

São Paulo – A empresa de monitoramento Ituran vem deixando de renovar as apólices do seu seguro de carro com rastreador, conforme depoimentos de clientes e corretores.

Para clientes que prestam serviço como motorista de aplicativo, a empresa parou de comercializar temporariamente a proteção em fevereiro, conforme informe enviado a corretoras de seguro.

Alguns segurados foram pegos de surpresa. A professora Grazielle Nazario, 37 anos, tem um Gol modelo 2010 e mora no bairro de Itaquera, em São Paulo. No dia em que iria renovar a apólice, em março, descobriu que não teria mais a proteção. “Isso deveria ter sido avisado com antecedência”, reclama.

Grazielle questionou e a empresa voltou atrás dizendo que iria cobrir o seu veículo, mas o preço da proteção seria reajustado. “O valor passou de 109 reais por mês para 169 reais por mês. Aceitei. Cheguei a pagar a primeira fatura, mas logo depois anunciaram que a proteção não seria renovada. Fiquei quase dois meses andando com o carro sem proteção”.

Não foi apenas Grazielle que teve dor de cabeça com a Ituran. Nos últimos 12 meses, o volume de reclamações contra a empresa dobrou no site Reclame Aqui, passando de 144 em abril do ano passado para 259 em abril deste ano. As queixas não se relacionam apenas a cancelamentos, mas também a cobranças indevidas.

O seguro com rastreador é um aperfeiçoamento da proteção oferecida pelo equipamento de geolocalização que é vendido pela empresa, que indica onde o carro está circulando ou estacionado.

A contratação do equipamento na Ituran passou a ter, em 2009, a indenização ao dono do veículo garantida por uma seguradora caso ele não seja encontrado ou seja encontrado com mais de 75% de danos, quando a perda é total.

As indenizações por roubo e furto nesses casos costumam ser de 100% do valor do carro pela tabela Fipe. Esse seguro geralmente já tem embutido no preço os principais serviços de assistência 24 horas, como guincho, chaveiro e troca de pneus. Coberturas contra perda parcial e contra terceiros podem ser contratadas de forma adicional, o que aumenta o valor pago pela proteção.

As seguradoras geralmente oferecem a proteção para veículos com até 20 anos de fabricação e vendidos por até 60 mil reais.

O produto até agora não exigia análise de perfil na Ituran. Portanto, seu público alvo eram motoristas com perfil de maior risco: jovens, proprietários de carros com mais de três anos de fabricação, pessoas que vivem em áreas com mais ocorrências de roubo e furto e que usam o carro com frequência.

Com a reformulação do produto, esse público pode ficar sem uma das poucas opções acessíveis no mercado, apelando para produtos “piratas”, proteções sem regulamentação oferecidas por cooperativas. Hoje, além da Ituran, a Porto Seguro, a Tokio Marine e a Pósitron oferecem o seguro com rastreador. Porém, as concorrentes costumam trabalhar com análise de perfil e restringem a oferta do produto a algumas cidades.

Posicionamento

Procurada, a Ituran declara que o seguro será repaginado em julho e, como ocorre em qualquer outro produto de seguro, as renovações das apólices podem ou não ser realizadas dependendo das circunstâncias mercadológicas, baseadas “única e exclusivamente em uma prerrogativa da seguradora garantidora dos riscos cobertos”. Questionada sobre o porcentual de apólices que não foram renovadas, a empresa não revela o número “por questões estratégicas”.

Veja também

A Ituran diz manter o compromisso de notificar seus clientes sobre qualquer alteração na continuidade da prestação dos serviços. Em caso de impossibilidade de renovação, por determinação da seguradora, a empresa de monitoramento garante que faz contato com o cliente para agendar a retirada do equipamento de rastreamento sem nenhum custo ao segurado.

Sobre as novas características do novo produto, a empresa diz que não pode adiantar por razões estratégicas. Mas, de acordo com fontes do mercado, a nova proteção deverá se restringir a algumas regiões (hoje o seguro é vendido em todo o país) e passar a incluir análise de perfil, assim como as concorrentes.

Perda de competitividade

A proteção da Ituran foi pioneira na modalidade e sempre teve como principal característica o preço baixo.

A empresa anuncia que as proteções partem de 69,90 reais por mês. Contudo, a instalação do rastreador tem um custo fixo de 300 reais, e o valor pode ser dividido somente em até seis vezes.

Na crise econômica, as seguradoras, até então apenas parceiras eventuais da Ituran, começaram a ficar de olho em uma forma de atuar mais ativamente no filão, já que muitos brasileiros, com orçamento apertado, passaram a buscar seguros mais em conta.

A primeira foi a Porto Seguro, que lançou o seu “Rastreador Mais Seguro” no segundo semestre de 2016. Atualmente, a proteção na seguradora, assim como a da concorrente, parte de 69,90 reais por mês. A Tokio Marine também lançou o seu próprio seguro com rastreador naquele mesmo ano, em setembro.

A Tokio Marine não cobra pela instalação do seu rastreador e o pagamento pode ser dividido em 12 vezes. Luiz Padial, diretor de Automóvel da seguradora, ressalta a análise de risco e lembra que a proteção não é oferecida em todas as praças.

Diferentemente da Ituran, ambas lançaram seus seguros apenas em algumas regiões do país como forma de controlar o risco. O seguro da Ituran continuou a ter abrangência nacional, o que pode ter afastado parceiros, preocupados com a elevação abrupta de sinistros, que chegou tanto por conta de reflexos da crise econômica, caso do Rio de Janeiro, como por conta da onda de motoristas de aplicativos, que estourou no ano passado e encareceu o preço da proteção, já que trouxeram mais risco à carteira das seguradoras.

Empresas que oferecem seguros personalizados com coberturas reduzidas, como a Yose, da Caixa Seguradora, também tornaram o segmento de seguros de carros baratos mais competitivo.

Pressionada pelas seguradoras parceiras, a Ituran provavelmente passará a oferecer condições similares às dos concorrentes.

Seguro popular

Outra opção de seguro mais em conta é o popular. Assim como o seguro com rastreador, ele ainda é oferecido por poucas seguradoras: a Azul, da Porto Seguro, e a Tokio Marine.

O Auto Popular reduz um pouco o preço da proteção por usar peças de segunda mão e ter coberturas menores, mas o seguro com rastreador é mais acessível porque não inclui a cobertura de colisão parcial e contra terceiros, que encarecem a proteção.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s