Investi em uma LCI e me arrependi. Posso sacar sem perder dinheiro?

Especialista responde dúvida de leitor sobre finanças pessoais. Envie você também sua pergunta

Pergunta do leitor: Investi em uma LCI no início deste mês, mas me arrependi quando vi a rentabilidade prometida, abaixo do que eu esperava. Consigo sacar meu dinheiro de volta sem perder nada?

Resposta de Marcela Kawauti*:

Quando o investidor opta pela Letra de Crédito Imobiliário (LCI), ele compra um título emitido por uma instituição financeira, atrelado ao crédito imobiliário. Esse tipo de papel pode ter remuneração pré ou pós fixada, ou seja, pode pagar uma taxa de juros anual fixa ou atrelada a algum indexador, normalmente o CDI ou o IPCA.

Há uma característica bastante significativa que torna tanto a LCI quanto a LCA muito atraentes aos olhos dos investidores: esses papéis são isentos da cobrança de taxas e Imposto de Renda. Por esse motivo, costumam também ter uma porcentagem de remuneração menor do que outras opções de investimento, o que pode compensar o não pagamento de imposto. É preciso fazer as contas para decidir qual papel será o mais vantajoso.

Ao comprar um título de LCI, seu dinheiro fica imobilizado por um período pré-determinado, ou seja, você não pode resgatá-lo antes desse prazo. Isso quer dizer que, antes de decidir pelo resgate, é preciso entender se existe essa possibilidade no investimento que você fez.

Além disso, cheque se o seu investimento tem liquidez no vencimento ou diária. Ter liquidez apenas no vencimento quer dizer que, caso você opte por resgatar seu dinheiro antes do prazo, não haverá nenhuma remuneração sobre ele, ou seja, você terá perdido poder de compra devido à inflação. Caso ele possua liquidez diária, você receberá por dia útil o equivalente diário da taxa anual de remuneração do seu título.

Vale dizer que esse tipo de LCI com maior liquidez normalmente paga menos ao investidor, já que o banco corre o risco de ter que abrir mão do dinheiro que você emprestou para ele a qualquer momento.

Uma das maiores desvantagens da LCI é justamente a liquidez reduzida, já que o dinheiro do investidor fica imobilizado por, no mínimo, 90 dias. Por isso, o investimento não é indicado para aplicações de curto prazo. O ideal é manter o papel até a data de vencimento, evitando perdas no rendimento.

No momento de tomar a decisão de onde investir, é muito importante ter em mente o objetivo daquele dinheiro, já que existem aplicações com maior ou menor liquidez. A melhor escolha para você vai depender de quando pretende resgatar o valor.

Por fim, para definir a aplicação mais vantajosa do ponto de vista das melhores taxas de remuneração, é sempre preciso fazer as contas. Há diversos sites e aplicativos confiáveis que podem ajudar na tarefa. 

*Marcela Kawauti é economista-chefe do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e colabora com o portal Meu Bolso Feliz

Envie suas dúvidas sobre investimentos e finanças para seudinheiro_exame@abril.com.br.