Guerra do QR Code dá até 70% de desconto em compras. Conheça

Mercado Pago, Pic Pay, Ame, iti, Rappi e iFood oferecem cashbacks para popularizar o pagamento pelo celular. Veja onde você pode economizar mais

São Paulo – Você já deve ter visto um código QR Code na hora de pagar compras ou um café. Se não deu muita atenção, ou achou que seria complicado utilizar, você deveria repensar. Essa forma de pagamento pode ser uma boa oportunidade para você economizar. E, o melhor: sem cobrar nada em troca. Para isso, basta baixar um app e fazer um cadastro rápido.

Carteiras digitais do Mercado Pago, fintech do Mercado Livre; Pic Pay, Ame, da Americanas; Iti, do Itaú; iFood e Rappi entraram na guerra de descontos para quem usa esse código. O intuito? Popularizar o pagamento pelo celular, e abocanhar uma parte de um mercado em transformação.

A economia que esses apps proporcionam aos usuários é por meio de cashback, que nada mais é do que um desconto concedido na forma de dinheiro de volta na conta. Para pagar, basta apontar a câmera do celular para o QR Code. Para usar os créditos acumulados, basta utilizar a forma de pagamento da carteira digital novamente. O Mercado Pago é o único que dá desconto, que é aplicado na hora da compra.

O código para pagamento pode estar presente tanto no celular de quem vende como nas maquininhas sem fio, que poderão gerar o código em suas telas, ou ainda impresso no ponto de venda. O lojista recebe o valor da transação na mesma hora em que a operação é concluída.

Muitas opções

Já existem estabelecimentos que dão diversas opções de pagamento com QR Code. É possível encontrar, em São Paulo, um restaurante com opções de cashback da Ame, Mercado Pago e Pic Pay. Caso o QR Code não venha acompanhado da informação sobre o porcentual de cashback gerado, fica difícil saber qual é a melhor opção.

Por isso, pedimos aos principais players do mercado para mapear onde estão os maiores descontos via QR Code, e como é possível acompanhá-los. Veja na tabela abaixo um resumo das regras de cashback de cada um deles:

App Estabelecimento Região Valor do desconto Desconto
MercadoPago Café do Ponto, Casa Pilão e Empada Brasil Nacional R$ 5 em compras acima de R$ 6 (4x ao mês) Até 70%
MercadoPago Burger King, Grão Expresso, McDonald´s, Rei do Mate, Spoleto e Cinemark Nacional R$ 10 em compras acima de R$ 20 (2x ao mês) Até 50%
Ame Maioria dos parceiros Nacional Produtos e serviços selecionados Até 50%
Pic Pay Maioria dos parceiros Nacionais Limitado a R$ 8 por compra 40%
Iti ConectCar Nacional 3 primeiras mensalidades gratuitas e desconto nas restantes 30%
MercadoPago Swift Estado de São Paulo R$ 20 em compras acima de R$ 60 (1x ao mês) Até 30%
MercadoPago Drogasil Nacional R$ 15 em compras acima de R$ 50 (1x ao mês) Até 30%
Iti Bacio di Latte Nacional Limitado a R$ 10 por compra Até 30%
MercadoPago América Restaurante, Cobasi e 5 a Sec Nacional R$ 20 em compras acima de R$ 80 (1x ao mês) Até 25%
iti Netshoes Nacional Desconto em compras feitas pela página do iti com o site 15%

Foram selecionadas para a tabela apenas grandes redes e descontos, bem como a regra geral das fintechs que não detalharam suas promoções.

No Mercado Pago, são mais de 170 mil estabelecimentos cadastrados no app em todo o país, de padarias a chaveiros, por exemplo, a maioria empreendedores. O app se diferencia dos concorrentes por ter criado uma central de descontos dentro da carteira digital, na qual os usuários podem ver os descontos mais próximos, por meio de geolocalização.

As promoções que fazem mais sucesso no app do Mercado Pago são as das redes de fast food, como Mc Donald´s e Burger King. “O desconto vale apenas para lojas próprias, mas estamos terminando de implantar o código nos franqueados nesse mês”, diz Rodrigo Furiato, diretor da área de contas digitais do Mercado Pago.

Nas ofertas em e-commerces do iti, os descontos são aplicados em todos os produtos disponíveis em uma página específica da carteira digital nas lojas online indicadas – o usuário deve ser cadastrado no aplicativo e acessá-las pela aba “conexão iti”.

A maioria dos estabelecimentos comerciais que aceitam diretamente PicPay está com 40% de cashback, limitado a 8 reais e válido para uma transação por dia. Transações com saldo da carteira ou nas máquinas Cielo dão mais 5% de cashback. Há também o limite de 100 reais de cashback, por mês, por esses dois meios.

Com mais de seis milhões downloads em pouco mais de um ano de operação, a Ame é aceita em lojas físicas e online de variados portes, inclusive 1.600 unidades das Lojas Americanas pelo país e na Americanas.com, Submarino e Shoptime.

Os usuários do app da Ame podem receber até 50% de cashback, ou seja, metade do dinheiro de volta, em alguns produtos ou serviços selecionados. São pizzarias, padarias, bares, salões de beleza e academias de ginástica. A listagem dos estabelecimentos participantes das promoções pode ser conferida no aplicativo.

Outras campanhas

Além de descontos fixos em lojas físicas e e-commerces, alguns apps promovem outros tipos de campanhas, sempre com foco em ampliar o uso das carteiras digtais.

O iti planeja promover, todos os meses, campanhas que resultam em benefícios para clientes. Nesse mês, até o dia 31, todos os usuários que colocarem dinheiro no aplicativo, fizerem transferência para outro usuário iti e pagarem algum estabelecimento comercial ganham 20 reais no app.

Em alguns finais de semana, clientes iti têm ingressos de cinema por 1 real nas redes Itaú Cinemas e UCI. A oferta é sempre divulgada na aba “conexão iti”, dentro do próprio aplicativo.

O Mercado Pago tem uma parceria com a rede de postos Shell. Válida apenas para clientes selecionados, o app dá entre 10 reais a 15 reais de desconto para abastecimentos acima de 50 reais. A central de descontos do app é integrada ao programa de fidelidade do Mercado Livre, o que faz com que usuários mais fiéis da plataforma de vendas ganhei mais descontos no app.

O Pic Pay promove descontos de cashback sazonais, que podem ser ativados por geolocalização.

Promoções terão fim?

Segundo a Ame, em nota, o cashback é uma forma promocional de atrair mais clientes, aumentar o ticket médio e gerar mais recorrência de compra.

Caso os apps se tornem populares entre os usuários, os lojistas toparão começar a pagar valores maiores por cada transação feita pelos apps.

É o que irá começar a fazer o Mercado Pago. “Começaremos a cobrar uma taxa de transação de 0,99% a partir de fevereiro. Contudo, ela será mais competitiva do que a dos bancos”, promete Furiato. A iti já cobra uma taxa de 1% dos vendedores.

Furiato também aponta que a tendência é que os descontos maiores acabem. “Nenhuma empresa tem fôlego para descontos permanentes. A nossa ideia é criar uma plataforma na qual os vendedores passem a dar seus próprios descontos dentro do app”.

O executivo acredita que o código QR code não será ultrapassado tão rapidamente por outras tecnologias. “A forma de pagamento é democrática, porque é fácil gerar o código e ter um celular. Já o pagamento por aproximação, com cartões que tenham tecnologia NFC, ainda é limitado”.

Como funciona

As carteiras digitais têm diversas funcionalidades. É possível realizar pagamentos de forma instantânea, 24h por dia, sete dias por semana, para qualquer pessoa ou estabelecimento sem custo. Além disso, usuários podem transferir dinheiro entre si por meio de QR Code ou agenda de contatos do celular, usando o saldo no aplicativo ou qualquer cartão de crédito cadastrado.

Os apps também recarregam bilhetes de transporte público em algumas cidades, permitem sacar valores, realizar recarga de celular e até permitem solicitar empréstimo pessoal.

Após baixar o aplicativo, o usuário deve preencher alguns dados básicos, em geral sem necessidade de comprovação de renda ou endereço. Em seguida pode adicionar dinheiro em seu saldo por meio de uma transferência, ou pagando um boleto gerado sem custos no próprio aplicativo.

Depois, basta cadastrar um cartão de crédito, de qualquer instituição financeira, mesmo no app do iti. Esse cartão poderá ser usado nas compras via QR code.