Febraban estuda medidas para reduzir custo do cheque especial

Ação foi anunciada nesta terça-feira, 16, pelo presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn

Brasília – A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) confirmou a iniciativa de autorregulação do cheque especial com objetivo de redução do custo dessa linha de crédito aos clientes.

A ação foi anunciada nesta terça-feira, 16, pelo presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn, em entrevista ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado.

Segundo a entidade que representa as instituições financeiras, a intenção é divulgar as propostas de autorregulação ainda este ano.

Em nota, a Federação diz que o cheque especial faz parte de um conjunto de ações estudadas pelo setor para “melhorar o ambiente de crédito no País”.

“A Febraban elabora propostas para melhorar o instrumento e as anunciará, neste ano, quando forem concluídas”, cita a entidade.

A nota argumenta que bancos “trabalham continuamente para garantir uma redução estrutural do spread bruto – a diferença entre as taxas cobradas nas concessões de crédito e as taxas de captação das instituições financeiras”.