Emissão de guia para empregadores domésticos está instável

A emissão da Guia Única do Simples Doméstico apresentou problemas hoje (1°), primeiro dia em que o documento ficou disponível no portal eSocial.

A emissão da Guia Única do Simples Doméstico apresentou problemas hoje (1°), primeiro dia em que o documento ficou disponível no portal eSocial. Durante a manhã, a Agência Brasil fez tentativas para acessar a guia, sem sucesso. A Receita Federal confirmou as dificuldades e disse que trata-se de uma instabilidade momentânea.

De acordo com a Receita, o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) atua para restaurar a normalidade. Na guia do Simples Doméstico estão incluídos os tributos que os patrões de empregados domésticos devem pagar, como a contribuição previdenciária e o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O documento pode ser pago sem multa até a próxima sexta-feira (6).

O pagamento pode ser feito em qualquer agência ou canais eletrônicos disponíveis pela rede bancária. O Fisco espera a adesão de 1,2 milhão de trabalhadores ao sistema.

*Colaborou Yara Aquino

Editor Armando Cardoso