CVM lança guia de fundo imobiliário para pequeno investidor

Novo Guia da CVM sobre fundos imobiliários usa linguagem menos técnica

São Paulo – A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) acaba de lançar o “Guia CVM do Investidor – Fundos de Investimento Imobiliário (FII)”. A publicação, que pode ser acessada pelo site da CVM, traz informações didáticas para quem pensa em investir ou já investe em fundos imobiliários

“O Guia chama a atenção do investidor não só para que ele conheça os prospectos e o regulamento do fundo, mas para que ele conheça de fato os ativos nos quais o fundo está investindo”, explica José Alexandre Vasco, superintendente de proteção e orientação aos investidosres da CVM. 

Vasco afirma que além de esclarecer quais são as regras que regem os fundos imobiliários, o Guia mostra de maneira prática quais são os riscos do investimento. “Do ano passado para cá, a CVM tem percebido um aumento do número de problemas relatados por investidores em relação aos fundos. Eles descobrem características no investimento que não haviam percebido antes, por isso buscamos alertar de forma mais clara quais são os riscos envolvidos”, diz. 

Um dos riscos que o Guia busca chamar atenção para auxiliar os investidores é a concentração do fundo em poucos ativos. Ao investir em um único imóvel, por exemplo, se algum tipo de acidente afetar o mesmo, o prejuízo será total. Mas, se o investimento for diversificado, mesmo que um dos ativos gere prejuízos, o dano será diluído.

Vasco acrescenta que a CVM já disponibilizava informações sobre os riscos e regras de diferentes tipos de investimentos, mas com a criação do Guia o órgão passa a fornecer um conteúdo com conceitos menos técnicos, para que os investidores iniciantes possam ter acesso a uma linguagem mais palatável. Segundo a instituição, em 2013 dois novos Guias devem ser lançados.