Curta as férias, mas deixe a casa em segurança

Algumas precauções, que são fáceis de adotar, diminuem os riscos de ter a casa invadida por estranhos

Antes de sair em férias, tome precauções que auxiliarão a diminuir os riscos de uma surpresa desagradável, provocada pelos amigos do alheio. “É necessário que o morador evite ao máximo a divulgação da rotina de viagem”, aconselha o especialista em condomínios, Jorge T. Margueiro, da GS Terceirização.

“Se a família planeja viagens prolongadas, é importante que o zelador seja previamente informado. O condômino também deve fazer uma autorização, caso queira que empregados ou familiares frequentem a residência durante a ausência”, recomenda Margueiro.

O especialista diz ainda que, se a família deseja aproveitar o período de férias para realizar reformas, a portaria e o zelador devem ser comunicados por escrito, contudo, é necessário avaliar bem a empresa e os profissionais que executarão o trabalho.

“A medida é necessária para que os porteiros autorizem a circulação e entrada desses funcionários no condomínio. Antes de tudo, os prestadores de serviço devem ser informados sobre o regulamento interno”, destaca.

Durante o período de férias, é recomendável que os moradores suspendam as entregas de jornais, revistas e outros, diz ele. “Caso não seja possível, é importante não permitir que as correspondências se acumulem na portaria, sendo necessário que alguém as retire com o porteiro”, diz o especialista.

“Quando as malas estiverem prontas, e toda família preparada para viajar e curtir férias bacanas, verifique se fechou os registros de água e gás, e se desligou todas as luzes, evitando possíveis acidentes e desperdícios. Nunca deixe as chaves do imóvel, ou de automóveis na portaria”, finaliza o especialista em condomínios, Jorge T. Margueiro, da GS Terceirização.