Corretoras recomendam compra de Ambev, Sofisa, ABnote e Randon

Potencial de valorização das ações das empresas chega a 106%

A corretora Ágora divulgou nesta quarta-feira (30/1) relatório recomendando a compra das ações da Ambev e do banco Sofisa. Para a instituição, a Ambev apresenta potencial de valorização de 32,3% em suas ações, que podem chegar ao final de 2008 cotadas a 166 reais. Ontem, os papéis da companhia fecharam a 215,50 reais na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa).

A notícia de que a Ambev elevou em 1,5% o preço de compra das ações da Quinsa e estendeu o prazo da oferta pública de aquisição dos papéis da cervejaria até 11 de fevereiro foi vista de forma positiva pela corretora. Para a instituição, essa atitude “reforça a intenção da Ambev de aumentar sua participação em ativos estratégicos não só no Brasil como em outros países”.

A Ágora está indicando a compra também dos papéis do banco Sofisa. Nesta terça-feira (29/1), a instituição assinou um empréstimo de 185 milhões de dólares com a International Finance Corporation (IFC), braço do Banco Mundial para operações com o setor privado, e mais 18 bancos de 11 países. O prazo para pagamento será de até sete anos, permitindo ao Sofisa expandir suas operações de crédito voltadas para pequenas e médias empresas. Para a Ágora, as ações do Sofisa apresentam potencial de valorização de 106%, podendo saltar de 9,01 reais no fechamento de ontem na Bovespa para 18,56 reais no final do ano.

Já a corretora do Banco Brascan divulgou relatório indicando a compra das ações da American Bankbote (ABnote), uma das maiores fabricantes de cartões do mundo. A empresa anunciou nesta terça-feira a compra da concorrente Interprint por 193 milhões de reais, sendo 165 milhões de reais em dinheiros e o restante em ações da companhia.

Para a Brascan, a aquisição deverá proporcionar ganho de escala e corte de custos, contribuindo para um melhor desempenho da empresa. As projeções da corretora apontam um potencial de valorização de 70% para as ações da ABnote, que apresentam preço-alvo de 28,49 reais. Ontem, após o anúncio da compra da Interprint, as ações da companhia dispararam 11% na Bovespa, fechando o dia cotadas a 16,80 reais.

A Socopa, por sua vez, está recomendando a compra das ações da Randon, que para a corretora é “a empresa com melhor posicionamento no setor de implementos rodoviários/ferroviários e autopeças para aproveitar os benefícios gerados pelo atual momento da economia brasileira”.

A corretora projeta um potencial de alta para as ações da companhia de 57,3%, com os papéis podendo chegar ao final de 2008 cotados a 23,60 reais. Ontem, as ações fecharam cotadas a 15,00 reais na Bovespa.

De acordo com a Socopa, a demanda por implementos e auto-peças vem crescendo sensivelmente nos últimos meses em função do aumento na produção industrial e na produção de grãos. “O constante investimento em ampliação de capacidade tem dado à Randon as primeiras colocações em seu mercado principal. Temos boas perspectivas de valorização para os papéis RAPT4, pois além de seus bons fundamentos e perspectivas, estimamos que haja desconto em sua negociação em relação ao setor”, afirma a corretora em relatório.