Corretoras indicam ações boas pagadoras de lucro para julho

Cielo e CCR são as ações mais recomendadas nas carteiras de dividendos deste mês

São Paulo – A Cielo (CIEL3) e a CCR (CCRO3) foram as ações boas pagadoras de dividendos mais recomendadas por corretoras para julho. Ambas foram sugeridas em quatro das nove carteiras de dividendos recebidas por EXAME.com.

Segundo os relatórios, a Cielo se destaca por ser líder de mercado no setor de cartões, segmento que tem apresentado altas taxas de crescimento.

Para os analistas, a empresa também é sugerida porque deve se beneficiar pelo aumento da bancarização no país e pela elevação do volume financeiro transacionado por cartões durante a realização de megaeventos, como a Copa do Mundo.

Já a CCR é sugerida por oferecer proteção contra a inflação por causa dos reajustes tarifários anuais baseados em índices inflacionários, como no caso dos pedágios, e pelas boas perspectivas de crescimento com os novos ativos do seu portfólio, como o Aeroporto de Confins e o metrô de Salvador.

O suspiro da Bolsa em junho, que fechou o mês com alta de 3,76%, também foi sentido pelas carteiras recomendadas de dividendos, que fecharam o mês com resultado positivo no geral.

O Índice de Dividendos (IDIV), que mostra o desempenho médio das empresas com forte perfil pagamento de dividendos, fechou o mês com valorização de 4,6%. 

Pagadoras de dividendos

As empresas que pagam bons dividendos (lucros das companhias repassados a acionistas) geralmente são líderes de mercado ou operam em setores com demanda estável, como saneamento, energia e telefonia, bem como nos setores financeiro e de consumo inelástico, como de bebidas alcoólicas e cigarros.

Por conta disso, suas ações não sofrem tanto como as das empresas que são mais afetadas pelo cenário macroeconômico e elas não têm grande necessidade de reinvestimentos no próprio negócio, repassando boa parte dos lucros aos acionistas. 

Veja a seguir as carteiras de dividendos recomendadas para o mês de julho.

Ativa

Desempenho em junho: +2,94%. Desempenho em 2014: + 5,20%

Não houve alteração na carteira defensiva para julho. 

Ação Preço-alvo Yield Estimado Peso
Ambev S/A (ABEV3) ND 3,3% 20%
Bradesco (BBDC4) ND 3,8% 20%
Cielo (CIEL3) ND 3,7% 20%
Telefônica Brasil (VIVT4) ND 8,2% 20%
Tractebel (TBLE3) ND 6,4% 20%

Citi

Desempenho em junho: + 5,40%. Desempenho em 2014: + 8,90%.

Ações incluídas: Transmissão Paulista. Ações retiradas: Ultrapar.

Ação Preço-alvo Yield Estimado Pesos
Ambev (ABEV3) R$ 18,23 ND ND
BB Seguridade (BBSE3) R$ 28,00 ND ND
CCR (CCRO3) R$ 20,00 ND ND
Cielo (CIEL3) R$ 53,25 ND ND
Transmissão Paulista (TRPL4) R$ 30,00 ND ND

Guide

Desempenho em junho: -0,64%. Desempenho em 2014: ND. 

Não houve alteração na carteira de dividendos para julho. 

Ação Preço-alvo Yield Estimado Pesos
Alupar (ALUP11) ND 9,6% 25%
CCR (CCRO3) ND ND 25%
Grendene (GRND3) ND ND 25%
Taesa (TAEE11) ND 10% 15%
Telefônica Brasil (VIVT4) ND 7,2% 10%

Rico/Octo Investimentos

Desempenho junho: + 0,77%, Desempenho em 2014: + 2,78%.

Ações incluídas: Transmissão Paulista. Ações retiradas: Tractebel.

Ação Preço-alvo Yield Estimado Pesos
Alupar (ALUP11) ND ND 12,5%
Cemig (CMIG4) ND ND 12,5%
Cesp (CESP6) ND ND 12,5%
Grendene (GRND3) ND ND 12,5%
Metal Leve (LEVE3) ND ND 12,5%
Taesa (TAEE11) ND ND 12,5%
Transmissão Paulista (TRPL4) ND ND 12,5%
Vale (VALE5) ND ND 12,5%

Santander

Desempenho em junho: +3,63%. Desempenho em 2014: +14,20%.

Ações incluídas: Porto Seguro. Ações retiradas: Totvs. 

Ação Preço-alvo Yield Estimado Pesos
Banco do Brasil (BBAS3) R$ 28,00 5,70% 10%
BB Seguridade (BBSE3) Em revisão 3,68% 20%
Cetip (CTIP3) Em revisão 3,67% 17%
Itaú Unibanco (ITUB4) R$ 41,00 3,38% 13%
Porto Seguro (PSSA3) R$ 32,80 6,36% 20%
Sul América (SULA11) R$ 16,60 3,00% 20%

Spinelli

Desempenho em junho: +2,12%. Desempenho em 2014: -5,61%.

Não houve alteração na carteira defensiva de julho. 

Ação Preço-alvo Yield Estimado Pesos
Cemig (CMIG4) ND ND 17%
Ecorodovias (ECOR3) ND ND 17%
Mahle Metal Leve (LEVE32) ND ND 17%
Natura (NATU3) ND ND 17%
Taesa (TAEE11) ND ND 17%
Telefônica Vivo (VIVT4) ND ND 17%

Um Investimentos

Desempenho em junho: + 4,80% Desempenho em 2014: + 4,27%

Ação retirada: Tegma.

Ação Preço-alvo Yield Estimado Peso
Ambev (AMBV4) R$ 19,50 4,5% 20%
Bradesco (BBDC4) R$ 36,70 ND 20%
CCR (CCRO3) R$ 22,00 ND 15%
Cielo(CIEL3) R$ 51,00 3,5% 15%
Odontoprev (ODPV3) R$ 11,50 ND 20%
Vale (VALE5) R$ 35,00 ND 10%

Votorantim

Desempenho em junho +2,66%. Desempenho em 2014: +7,13%.

Papéis incluídos: Itaú e Light. Papéis retirados: AES Tietê e Bradesco

Ação Preço-alvo Yield Estimado Pesos
CCR (CCRO3) R$ 20,00 ND ND
Itaú (ITUB4) R$ 35,09 ND ND
Light (LIGT3) R$ 24,40 ND ND
Mahle Metal Leve (LEVE3) R$ 32,10 ND ND
Odontoprev (ODPV3) R$ 10,20 ND ND

XP investimentos

Desempenho junho: +5,62%. Desempenho em 2014: +13,2%.

Papéis incluídos: Itaúsa. Papéis retirados: Telefônica Vivo.

Ação Preço-alvo Yield Estimado Peso
Alupar (ALUP11) ND 6,00% a 8,00% 5%
Ambev (ABEV3) ND ND 12%
BB Seguridade (BBSE3) ND ND 15%
BM&FBovespa (BVMF3) ND ND 10%
Cielo (CIEL3) ND ND 10%
Itaúsa (ITSA4) ND ND 15%
Kroton (KROT3) ND ND 13%
Multiplus (MPLU3) ND 6,00% 10%
Tractebel (TBLE3) ND 5% 10%