Corretora Rico reduz taxas de corretagem para investimentos na Bolsa

Plataforma digital de investimentos reduziu taxas de corretagem para compra e venda de ações e outros ativos, como minicontratos, em até 62,5%

São Paulo – A corretora Rico baixou as taxas de corretagem para aplicações em renda variável.

Foram reduzidas todas as taxas de corretagem para compra e venda de ações e outros ativos negociados na bolsa de valores, como minicontratos, contratos cheios, entre outros.

Para investimentos no mercado de ações, a taxa caiu de 8,90 reais para 7,50 reais tanto para qualquer ordem enviada no módulo “day trade” como para compra e venda no mercado fracionário.

Já o preço para ficar posicionado por alguns dias na compra e venda dos papéis ficou 38% menor, passando de 16,2 reais para 10 reais. No mercado de opções, a taxa cobrada a partir de agora é 7,50 reais. Antes, era cobrada uma taxa de 8 reais na modalidade.

Para minicontratos (dólar e índice), o módulo “day trade” baixou de 1 real para 0,45 centavos e de 2 reais para 0,75 centavos na posição, uma redução de 62,5%. Nos cheios, o minicontrato dólar está agora fixado em 2,25 reais antes era 4,94 reais) e o minicontrato índice em 3,75 reais (a taxa antiga era 9,8 reais).

Já as taxas de corretagem para commodities ficaram estabelecidas em 9,80 reais nas operações de “day trade” e 18,80 reais na posições, sem sofrer alterações.

A Rico tem taxa zero para aplicações em renda fixa, Tesouro Direto e fundos imobiliários.