Conta de água da Sabesp aumentará 3,5%, com tarifa mínima de R$ 50

O reajuste integra a revisão tarifária da Sabesp, feita a cada quatro anos e os novos valores entram em vigor em 30 dias

A Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp) autorizou na noite desta quarta-feira, 9, um aumento de 3,5% na tarifa de água nas áreas sob fornecimento da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).

Os novos valores entram em vigor em 30 dias. Para quem consome até 10 m³ por mês, a tarifa mínima passa de R$ 48,30 para R$ 50. De 11 a 20 m³, o valor passa de R$ 3,78/m³ para R$ 3,91/m³.

O reajuste integra a revisão tarifária da Sabesp, feita a cada quatro anos. O cálculo considera itens como a projeção de demanda de água pelos clientes e custos operacionais.

O reajuste anterior da tarifa, de 7,88%, havia ocorrido em novembro de 2017. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.