Como se preparar financeiramente para ter filhos

Segundo o educador financeiro Mauro Calil, a poupança deve começar antes mesmo da gravidez e se estender ao longo da vida da criança

São Paulo – Segundo um levantamento feito pelo Centro de Estudos de Finanças Pessoais e Negócios (Cefipe) em 2007, os futuros pais dedicam cerca de 20.000 reais às despesas feitas durante a gravidez. No primeiro ano de vida do bebê, outros 20.000 vão embora entre remédios, roupas e fraldas.

Se atualizado pela inflação a conta de dois anos bate em 51.000 reais. Na opinião do educador financeiro Mauro Calil, a soma é alta é mostra que ter herdeiros demanda sim um bom planejamento financeiro.

“Depois que os filhos nascem muita coisa muda. Primeiro voce vai ter gastos adicionais, de fraldas, de plano de saúde, quartinho de bebê e comida”, afirma. “Além disso, se os pais trabalharem, será preciso pensar em babá ou creche.”

Confira, no vídeo a seguir, por que vale a pena poupar o quanto antes e estender esse hábito aos anos seguintes:

/libc/player/liquid3.swf