Clientes do Banco do Brasil e do Bradesco agora podem pagar com Apple Pay

Até então, apenas os correntistas do Itaú tinham acesso ao app, que substitui os cartões de crédito e débito em compras em lojas físicas

São Paulo –  A partir desta terça-feira (14), clientes do Banco do Brasil e do Bradesco podem pagar compras em lojas físicas com o aplicativo Apple Pay. Até então, apenas os correntistas do Itaú tinham acesso ao app.

No Banco do Brasil, a novidade está disponível para quem tem cartão Ourocard, de crédito ou débito, da bandeira Visa. No Bradesco, só quem tem cartão de crédito Visa ou cartão PoupCard pode usar o Apple Pay.

Aplicativos como o Apple Pay e seus concorrentes, Google Pay e Samsung Pay,  entraram no Brasil para substituir os cartões de crédito e débito. Os apps para pagar compras com o smartphones trazem segurança e praticidade às transações, porém muitas lojas ainda não aceitam essa forma de pagamento, segundo a associação de consumidores Proteste.

Como funciona

Para usar os aplicativos, basta aproximar o smartphone da máquina de cartão e liberar o pagamento na tela do celular, sem senha, por meio de impressão digital ou de reconhecimento facial, por exemplo.

No Apple Pay, o número do cartão do cliente não fica armazenado no app, nem nos servidores da Apple. É criado um número de conta exclusivo que é criptografado e armazenado no dispositivo. Cada transação é autorizada por meio de um código de segurança.

Nem todas as máquinas se conectam a todos os apps. O Apple Pay, por exemplo, é aceito somente em máquinas com a tecnologia NFC.

O Apple Pay funciona apenas em alguns aparelhos Apple. Nas lojas físicas, o app funciona com os aparelhos iPhone SE, iPhone 6 ou modelos superiores, iPad e Apple Watch. Também é possível usar o Apple Pay em compras online.