Caixa vai liberar aposta online de loteria para qualquer pessoa

Lançamento do portal estava previsto para setembro, mas precisou de ajustes e deve ser lançado antes do final do ano

São Paulo – A Caixa prepara um site de apostas e um aplicativo para smartphone para que qualquer pessoa, cliente ou não do banco, possa realizar apostas de qualquer jogo das loterias, como Mega-Sena, Lotomania e Quina. Hoje, a comodidade só vale para clientes Caixa e para apostas da Mega-Sena.

A única modalidade que ficará de fora do projeto é a loteria federal por questões logísticas, já que neste caso o apostador compra um bilhete, e não escolhe números como nas outras modalidades de jogos.

A previsão era de que o portal fosse lançado em setembro, mas foram necessários ajustes e a expectativa agora é de que seja lançado antes do final do ano, para que possam ser feitas apostas para a Mega da Virada online, carro-chefe dos jogos da loteria. O banco espera ter muitos acessos e busca realizar testes adicionais para que o site consiga se manter no ar.

Para dar os palpites, será necessário apenas que o apostador faça um cadastro no portal.

O banco busca uma parceria com empresa de meio de pagamento online para possibilitar a transferências de valores para apostadores que não sejam clientes do banco. A ideia até agora é dar a opção de pagamento dos jogos por boleto e no cartão de crédito. Em um primeiro momento, a opção de pagar com cartão de débito não deve estar disponível na plataforma.

Uma das exigência da administradora de cartões é de que somente seja possível realizar apostas pelo site pagando, no mínimo, 20 reais. O apostador não precisará gastar os 20 reais de uma só vez: o valor que não for utilizado será mantido como crédito no portal e poderá ser usado em apostas futuras.

Protestos

O anúncio da plataforma online gerou protestos de lotéricos, que temem que o site prejudique seus negócios.

Mas a visão da Caixa é que as lotéricas não terão prejuízos, já que a ideia é trazer clientes que hoje não vão até a lotérica apostar. O principal foco é o público jovem.

Como forma de conciliação, o banco deve destinar um percentual de cada operação para as loterias, conforme o CEP do apostador.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Maurici Spindola

    Qual a utilidade disso afinal economia, facilidade de apostas ou gastar dinheiro com mais equipamentos e mão de obra especializada? Qual a confiabilidade desse sistema? Oras bolas, tantas coisas para se pensar em facilitar a vida dos brasileiros e ficam pensando em como arrecadar mais grana do sistema de loterias, pois, cada real gasto nisso 60% fica para o governo fazer nada, apenas cobrir rombos. Uma espécie de imposto ilusório espontâneo, onde explora a esperança do povo em melhorar de vida da noite para o dia. Mega Sena é a pior de todas, com milhões para 1 ou 2 acertadores, enquanto aqueles que acertaram 5 dezenas ( extrema dificuldade) ficam com migalhas. Distribua-se melhor e então veremos mais e mais apostadores com riquezas. Grana, grana, grana, e continuamos a pagar por tudo, cada gesto do governo nos custa milhões, bilhões.

  2. Será mesmo que essa ideia da Caixa de disponibilizar loteria online vai dar certo? Hoje em dia a internet é muito perigosa, já imagino os problemas que teremos. Mas por outro lado, seria ótimo, imagina poder fazer os jogos da loteria sem sair de casa, conferir os resultados do dia, será muito interessante. E o melhor, a Caixa iria triplicar seu faturamento com loterias. https://www.loteriahoje.com.br/