Caixa anuncia linha de crédito imobiliário atrelada à inflação

A nova linha será IPCA + taxa de juros que podem variar entre 2,95% ao ano a 4,95% ao ano

São Paulo – A Caixa anunciou, na tarde desta terça-feira, uma linha de financiamento imobiliário atrelado à inflação. Desta maneira, a taxa mínima para os imóveis residenciais enquadrados no Sistema Financeiro da Habitação e no Sistema Financeiro Imobiliários  será de IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo)+ 2,95% ao ano, enquanto a taxa máxima será de IPCA + 4,95% ao ano.

As taxas valerão para os novos contratos e entrarão em vigor a partir do dia 26 de agosto. Os contratos de financiamento habitacional com atualização pelo indexador IPCA seguirão as seguintes condições: prazo máximo de 360 meses e quota máxima de financiamento de 80%.

Atualmente, os financiamentos são feitos por uma taxa fixada pela instituição (que varia entre 8,5% ao ano 9,75% ao ano) mais a TR (Taxa Referencial), estabelecida pelo Banco Central, que atualmente está zerada.

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, explicou que as linhas com a taxa referencial de juros serão mantidas e o contrato atrelado à inflação será facultativo. “Estamos oferecendo uma linha nova. De novo, quem escolhe é o cliente.”

No site do banco, o cliente pode fazer as simulações e comparar comparar os juros e condições para o financiamento. As novas taxas variam de acordo com o nível de relacionamento do cliente com o banco.