Bradesco reduz taxa de juros para financiamento de imóveis

A partir desta terça-feira (1), o banco cobrará taxas de financiamento imobiliário a partir de 7,3% ao ano. Antes, os juros mínimos eram de 8,2%

São Paulo – O Bradesco anunciou, nesta segunda-feira (30), a redução da taxa de juros mínima de sua linha de crédito imobiliário de 8,2% ao ano mais taxa referencial (TR) para 7,3% ao ano mais TR.

A modalidade dispõe de prazo de até 360 meses e permite a utilização do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). O cliente pode financiar até 80% do valor do imóvel e o comprometimento máximo da renda líquida sobre o valor das prestações é de 30%.

As novas condições passam a vigorar a partir da terça-feira (1), em toda a rede de agências.

Segundo ranking da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), de janeiro a agosto deste ano, o Bradesco desembolsou 11,6 bilhões de reais em aquisição e construção, sendo o líder entre as instituições financeiras privadas do mercado em 2019.