BC decreta liquidação da corretora Walpires e do consórcio Unilance

Criada em 1963, corretora era uma das mais antigas do mercado

O Banco Central (BC) decretou hoje a liquidação extrajudicial da Walpires S.A. Corretora de Câmbio, Títulos e Valores Mobiliários, e a indisponibilidade dos bens dos controladores e dos ex-administradores. Criada em 1963, era uma das mais antigas do mercado. O interventor será Dawilson Sacramento. Com a medida, o controlador Sérgio Ferreira Pires e os ex-administradores André Luiz Silva e Rafael Barbosa Moreira terão seus bens bloqueados.

Segundo o BC, “Considerando a grave situação patrimonial e de liquidez, as graves violações às normas legais que disciplinam a atividade da instituição, bem como a existência de prejuízos que sujeitam a risco anormal os seus credores, conforme consta no Processo Eletrônico nº 124654, fica decretada a liquidação extrajudicial da Walpires”.

Diante dessa medida, a CVM orienta que os clientes que possuem valores mobiliários custodiados na corretora podem solicitar a transferência dos ativos para outro custodiante, mediante pedido dirigido ao liquidante indicado pelo Banco Central, o Sr. Dawilson Sacramento, por meio dos seguintes contatos: telefone (11) 2808-7066 ou e-mail: walpires@walpires.com.br.

Oportunamente, a CVM emitirá comunicados caso tenha novas informações sobre o processo de liquidação, o qual irá monitorar em conjunto com o BC.

Consórcio Unilance

Em outra medida, o Banco Central decretou também hoje a liquidação da Unilance Administradora de Consórcios de Curitiba, e indicou o liquidante Gilmar J. Bocalon Assessoria e Consultoria Empresarial. A decretação ocorre devido ao “quadro de insolvência patrimonial e as graves violações às normas legais que disciplinam a atividade”.

Esse conteúdo foi originalmente publicado na Arena do Pavini