Banco Inter suspende acesso dos clientes às contas correntes

Bloqueio foi medida de segurança contra uma falha no sistema que mostrava as contas zeradas. Segundo a instituição, o problema já foi resolvido

São Paulo – Por medida de segurança, o Banco Inter suspendeu, na manhã desta segunda-feira (17), o acesso dos clientes às contas correntes até que uma falha no sistema fosse corrigida. Por causa de um erro, as contas apareciam negativadas ou zeradas.

Às 13h30, o banco informou que os acessos e visualizações de saldo tinham normalizados. Em nota, a instituição afirmou que “o fato não representou prejuízos financeiros para nenhum correntista”. Mas não explicou o que causou a “instabilidade na visualização de saldo”.

Esta não é a primeira vez que o Banco Inter se vê em meio a um imbróglio tecnológico. Em maio do ano passado, houve vazamento de dados de quase 20 mil correntistas, pelo qual o banco teve de pagar uma multa de 1,5 milhão de reais

A decisão do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) previa o pagamento de 1 milhão de reais a instituições públicas de combate ao crime cibernético e 500 mil reais a instituições de caridade. O despacho não previa indenização aos correntistas.

O banco tem cerca de 2 milhões de correntistas e registrou lucro líquido de 12,1 milhões de reais no primeiro trimestre.