Banco Inter abre plataforma de investimentos e inclui home broker gratuito

Além de investir em ações sem taxas, correntistas poderão aplicar em produtos de renda fixa de outras instituições financeiras

São Paulo – O banco Inter lança nesta quarta-feira (12) uma nova plataforma de investimentos, aberta a produtos de outras instituições financeiras e que inclui um home broker gratuito, no qual os correntistas poderão comprar e vender ações sem taxas de custódia ou corretagem.

A empresa passa a oferecer na plataforma planos de previdência privada, que podem ser contratados de maneira digital. A ferramenta também terá disponíveis produtos de renda fixa emitidos por outros bancos, como LCIs e CDBs, e também ativos de crédito privado, como CRIs, CRAs e debêntures, além de cerca de 20 fundos de investimento, a maior parte de terceiros.

Todas as aplicações e o home broker podem ser acessados pelo aplicativo da conta digital do banco, Pelo app, é possível realizar aportes e resgates de forma simplificada, dispensando a figura do agente autônomo como intermediador dessas operações, Os investidores que tiverem dúvidas sobre qual é a aplicação mais adequada ao seu perfil pode contatar a equipe do banco por chat, telefone ou SMS.

Inicialmente, as novas funcionalidades da plataforma de investimentos do banco estarão disponíveis para um grupo específico de clientes e serão liberadas para toda a base de correntistas de forma gradual. No terceiro trimestre deste ano, o Inter contabilizava 1,050 milhão de correntistas e 85 mil investidores.

O Banco Inter já oferecia, na plataforma, poupança, Tesouro Direto sem taxa de corretagem e outros produtos de renda fixa. A ideia é ter novos produtos a cada semana.

O objetivo da plataforma, diz o CEO do banco, João Vitor Menin, é atender a todos os perfis de clientes, desde aquele que investe mil reais aos do segmento “private”. “O Inter vem popularizando o acesso à conta corrente, Queremos popularizar o acesso a investimentos também. Nosso foco são investidores, e não especuladores”, disse o executivo, durante evento do lançamento da nova plataforma na B3.

No terceiro trimestre, o Inter já tinha mais de 1 milhão de correntistas, que usam a sua conta digital. A expectativa era que o número fosse atingido apenas no final deste ano. Dentre esses clientes, 85 mil já investem em produtos de renda fixa ou renda variável. A expectativa, com a nova plataforma, é aumentar esse número para ao menos 10% da base de clientes do banco.