Banco Central lança aplicativo para cálculo de investimentos

Calculadora do Cidadão, disponível no site do BC desde 2006, vira aplicativo para iOS e Android

São Paulo – O Banco Central lançou o aplicativo da Calculadora do Cidadão para dispositivos móveis, ferramenta que desde 2006 fica disponível no site da instituição. O aplicativo permite que sejam calculados rendimentos de investimentos, parcelas de dívidas, valores gastos com juros em financiamentos e é uma das melhores ferramentas disponíveis para verificar o rendimento da poupança e observar a variação passada de índices de preços ou de taxas de juros de referência, como a taxa Selic, o CDI e a Taxa Referencial.

O aplicativo pode ser utilizado em aparelhos com sistemas iOS e Android e já pode ser baixado gratuitamente na App Store e no Google Play. Para utilizar a Calculadora do Cidadão no site do Banco Central, basta acessar o site da instituição e clicar no “Perfil Cidadão” e escolher a opção “Taxas de juros, cálculos, índices e cotações”.

A seguir, veja um pequeno resumo das funções do aplicativo: 

Aplicação com depósitos regulares

Permite simular um investimento, ou aplicação financeira, ao informar sua taxa de juros, o prazo no qual serão mantidos os depósitos regulares (mensais) e o valor a ser regularmente depositado. Nesta função, o usuário pode calcular, por exemplo, qual será o valor final de um investimento ao depositar 100 reais mensais, por 24 meses, em uma aplicação cuja taxa de juros é de 0,5% ao mês. 

Financiamento com prestações fixas

O usuário pode simular um financiamento com prestações fixas. Informando três dos quatro dados que podem ser preenchidos – valor financiado (ou emprestado), taxa de juros, prazo e valor da prestação – a ferramenta calcula o dado que não foi informado. Assim, informando o valor do bem pretendido, a taxa de juros do financiamento e o prazo, é possível, por exemplo, calcular qual será o valor de cada prestação. 

Valor futuro de um capital

Nesta função, é possível obter o valor a ser alcançado por um capital aplicado por um determinado período, a uma taxa de juros previamente definida. Como, por exemplo, o valor a ser obtido após 12 meses em uma aplicação de 1000 reais a uma taxa de juros de 1% ao mês.

Correção de valores

Utilizando a função de correção de valores, o usuário pode verificar qual seria o valor final de uma determinada quantia corrigida pela variação de índices de preços ou de taxas de juros, como a Selic, a TR e o CDI.  A calculadora pode informar, por exemplo, qual seria hoje o valor atualizado pelo IPCA de 1000 reais recebidos em 1995. 

O usuário pode também verificar qual foi o rendimento de determinada quantia investida na poupança em um certo período de tempo. O cálculo vale tanto para o rendimento antigo da poupança, quanto para o rendimento de depósitos realizados a partir do dia 4 de maio deste ano, que são remunerados pela nova regra.