As versões do Renault Kwid que mais desvalorizam

Carro é indicado para quem busca custo-benefício, baixo consumo de combustível, espaço em uma carroceria compacta e estilo aventureiro

São Paulo — O Kwid, da Renault, já é um dos hatchbacks subcompactos mais queridinhos no setor automotivo brasileiro. Apresentado nas versões Zen, Intense e Life em agosto de 2017, ele é indicado para quem busca custo-benefício, baixo consumo de combustível, espaço em uma carroceria compacta e estilo aventureiro.

Mas, como sempre, os interessados nessas características devem ficar atentos também às diferenças nas desvalorizações entre as versões, que são consideráveis. A pedido do site EXAME, a KBB Brasil levantou as versões do Kwid que mais desvalorizaram desde o seu lançamento no país.

Dentre as versões apresentadas, a de entrada Life 1.0 12V SCE Flex 4 portas é a que mais desvalorizou no segundo ano de uso, apresentando queda de 14,46% do seu valor inicial. Quando analisado o primeiro ano de uso, a versão continua em primeiro lugar no ranking, com desvalorização de
10,77%. Veja abaixo o levantamento completo.

VEÍCULO/VERSÃO 0KM 2019 2018 Desvalorização: 1º ano de uso Desvalorização: 2º ano de uso
RENAULT KWID LIFE 1.0 12V SCE FLEX 4P (Básico) R$ 32.500 R$ 29.000 R$ 27.800 -10,77% -14,46%
RENAULT KWID INTENSE 1.0 12V SCE FLEX 4P (Básico) R$ 41.000 R$ 39.000 R$ 37.000 -4,88% -9,76%
RENAULT KWID ZEN 1.0 12V SCE FLEX 4P (Básico) R$ 36.400 R$ 35.500 R$ 32.900 -2,47% -9,62%