As ações que pagam dividendos mais indicadas para julho

Levantamento feito pelo site EXAME mostra as ações que pagam dividendos mais recomendadas pelas corretoras para este mês

São Paulo – As ações do Instituto de Resseguros do Brasil (IRBR3) lideraram as recomendações de corretoras e bancos para julho entre as boas pagadoras de dividendos. Os papéis das empresas foram sugeridos em 6 das 15 carteiras recebidas pelo site EXAME.

Na segunda posição do ranking ficaram os papéis da Taesa (TAEE11), com cinco indicações. Em terceiro lugar aparecem as ações da AES Tietê (TIET11), com quatro indicações.

Os dividendos são uma parte do lucro das empresas distribuída entre os acionistas. Em junho, o IDIV, índice de dividendos da bolsa, subiu 3,1%, enquanto o Ibovespa, o principal índice de referência da B3, subiu 4,06%.

As recomendações para julho

Veja abaixo a lista com todas as ações indicadas por 15 corretoras para o mês de julho. Elas estão organizadas pela quantidade de indicações.

Ação Recomendações
IRB Brasil Resseguros (IRBR3) 6
Taesa (TAEE11) 5
AES Tietê (TIET11) 4
B3 (B3SA3) 3
Banco do Brasil (BBAS3) 3
Itaú Unibanco (ITUB4) 3
Itaúsa (ITSA4) 3
Transmissão Paulista (TRPL4) 3
Vivo (VIVT4) 3
Bradesco (BBDC4) 2
Cemig (CMIG4) 2
Energias do Brasil (ENBR3) 2
Engie Brasil (EGIE3) 2
Equatorial (EQTL3) 2
Hypera (HYPE3) 2
Porto Seguro (PSSA3) 2
Alupar (ALUP11) 1
Ambev (ABEV3) 1
Banco ABC (ABCB4) 1
Banrisul (BRSR6) 1
BB Seguridade (BBSE3) 1
BR Distribuidora (BRDT3) 1
Braskem (BRKM5) 1
CCR (CCRO3) 1
Embraer (EMBR3) 1
Energisa (ENGI11) 1
Fleury (FLRY3) 1
Grendene (GRND3) 1
Klabin (KLBN11) 1
Magalu (MGLU3) 1
Metal Leve (LEVE3) 1
MRV (MRVE3) 1
Petrobras (PETR4) 1
Sabesp (SBSP3) 1
Sanepar (SAPR11) 1
Santander (SANB11) 1
São Martinho (SMTO3) 1
Suzano (SUZB3) 1
Tenda (TEND3) 1
TIM (TIMP3) 1
Tupy (TUPY3) 1
Unipar (UNIP6) 1
Vale (VALE3) 1
Valid (VLID3) 1

Veja abaixo as carteiras recomendadas por 15 corretoras para o mês de julho. Elas estão organizadas por ordem alfabética.

As carteiras recomendadas para este mês

Ativa

Desempenho em junho: 5,06%
Desempenho no ano: 17,27%
Não houve alterações na carteira no mês.

Ação Peso, em %
Itaú Unibanco (ITUB4) 20
Klabin (KLBN11) 20
Magalu (MGLU3) 20
Petrobras (PETR4) 20
Taesa (TAEE11) 20

Bradesco

Desempenho em junho: 7%
Desempenho no ano: 31,3%
Não houve alterações na carteira no mês.

Ação Peso, em %
B3 (B3SA3) 20
Banco ABC (ABCB4) 20
Taesa (TAEE11) 20
Tenda (TEND3) 20
TIM (TIMP3) 20

Coinvalores

Desempenho em junho: 5,5%
Desempenho no ano: 35,6%
Não houve alterações na carteira no mês.

Ação Peso, em %
B3 (B3SA3) 20
Bradesco (BBDC4) 20
MRV (MRVE3) 20
IRB Brasil Resseguros (IRBR3) 20
Transmissão Paulista (TRPL4) 20

Elite

Desempenho em junho: 4,61%
Desempenho no ano: 20,07%
Ações retiradas: Copel e MRV.
Ações incluídas: BB Seguridade e Metal Leve.

Ação Peso, em %
Banrisul (BRSR6) 20
BB Seguridade (BBSE3) 20
Metal Leve (LEVE3) 20
Porto Seguro (PSSA3) 20
Tupy (TUPY3) 20

Genial

Desempenho em junho: 3,40%
Desempenho no ano: 21,55%
Ações incluídas: Porto Seguro e Transmissão Paulista.
Ações retiradas: Itaú Unibanco e Sanepar.

Ação Peso, em %
AES Tietê (TIET11) 20
IRB Brasil (IRBR3) 20
Porto Seguro (PSSA3) 20
Taesa (TAEE11) 20
Transmissão Paulista (TRPL4) 20

Guide

Desempenho em junho: 1,76%
Desempenho no ano: 24,66%
Não houve alterações na carteira no mês.

Ação Peso, em %
Banco do Brasil (BBAS3) 20
Cemig (CMIG4) 20
IRB (IRBR3) 20
Petrobras Distribuidora (BRDT3) 20
Sanepar (SAPR11) 20

Necton

Desempenho em junho: 2,1%
Desempenho no ano: 16%
Não houve alterações na carteira no mês.

Ação Peso, em %
CCR (CCRO3) 20
Engie Brasil (EGIE3) 20
Equatorial (EQTL3) 20
Itaúsa (ITSA4) 20
Vivo (VIVT4) 20

Nova Futura

Desempenho em junho: 3,14%
Desempenho no ano: 28,14%
Não houve alterações na carteira no mês.

Ação Peso, em %
B3 (B3SA3) 20
Banco do Brasil (BBAS3) 20
IRB Brasil (IRBR3) 20
Taesa (TAEE11) 20
Transmissão Paulista (TRPL4) 20

Planner

Desempenho em junho: 1,58%
Desempenho no ano: 19,16%
Ações incluídas: Fleury, Santander e São Martinho.
Ações retiradas: Ferbasa, Itaúsa e Iochpe-Maxion.

Ação Peso, em %
Engie (EGIE3) 20
Fleury (FLRY3) 20
Hypera (HYPE3) 20
Santander (SANB11) 20
São Martinho (SMTO3) 20

Quantitas

Desempenho em junho: 4,51%
Desempenho no ano: 10,67%
Não foram feitas alterações na carteira.

Ação Peso, em %
Alupar (ALUP11) 20
Banco do Brasil (BBAS3) 20
Embraer (EMBR3) 20
Grendene (GRND3) 20
Hypera (HYPE3) 20

Rico

Desempenho em junho: -0,94%
Desempenho no ano: -1,28%
Não houve alterações na carteira no mês.

Ação Peso, em %
AES Tietê (TIET11) 20
Braskem (BRKM5) 20
IRB Brasil (IRBR3) 20
Itaúsa (ITSA4) 20
Unipar (UNIP6) 20

Santander

Desempenho em junho: 1,55%
Desempenho no ano: 14,73%
Não houve alterações na carteira no mês.

Ação Peso, em %
Cemig (CMIG4) 20
Energisa (ENGI11) 20
IRB Brasil Resseguros (IRBR3) 20
Itaúsa (ITSA4) 20
Telefônica Vivo (VIVT4) 20

Terra

Desempenho em junho: 7,28%
Desempenho no ano: 11,70%
Ações incluídas: AES Tietê e Energias do Brasil.
Ações retiradas: BB Seguridade e MRV.

Ação Peso, em %
AES Tietê (TIET11) 20
Energias do Brasil (ENBR3) 20
Itaú (ITUB4) 20
Telefônica Vivo (VIVT4) 20
Valid (VLID3) 20

Toro

Desempenho em junho: 3,99%
Desempenho no ano: 14,21%
Não houve alterações na carteira no mês.

Ação Peso, em %
Ambev (ABEV3) 20
Bradesco (BBDC4) 20
Equatorial (EQTL3) 20
Sabesp (SBSP3) 20
Suzano (SUZB3) 20

XP Investimentos

Desempenho em junho: 3,65%
Desempenho no ano: 19,91%
Não houve alterações no mês.

Ação Peso, em %
AES Tietê (TIET11) 20
EDP (ENBR3) 20
Itaú Unibanco (ITUB4) 20
Taesa (TAEE11) 20
Vale (VALE3) 20