As ações mais indicadas para outubro, segundo 22 corretoras

Vale e Itaú lideram recomendações e são sugeridas por 12 corretoras

São Paulo – O Ibovespa, principal índice de referência da Bolsa, fechou o mês de setembro com forte baixa, de 11,70%. Apesar da queda acentuada, no acumulado de 2014 o índice ainda apresenta valorização, de 5,06%.

Dentre as 22 carteiras recomendadas de ações enviadas a EXAME.com, nenhuma apresentou desempenho positivo e uma delas, da Lerosa, não teve o desempenho divulgado porque foi inaugurada neste mês.

A corretora com melhor resultado no mês foi a Walpires, que registrou leve desvalorização de 0,7%.

Pesaram para o resultado desastroso da Bolsa o pessimismo dos investidores em relação ao aumento das chances de vitória da presidente Dilma Rousseff nas eleições e os anúncios de aumentos dos juros e retirada de estímulos monetários nos Estados Unidos.

As decisões econômicas nos Estados Unidos repercutiram em bolsas de países emergentes porque a retirada dos estímulos reduz a liquidez do dólar no país e no mundo todo, o que leva a moeda a se apreciar. Além disso, com o aumento dos juros no país, mais investidores tendem a migrar seus recursos para lá, provocando uma redução dos investimentos nos mercados emergentes. 

A combinação desses fatores externos com o pessimismo do mercado doméstico gerou um impacto negativo sobre diversas ações, sobretudo nas estatais, com destaque para a Petrobras (PETR4), uma das empresas mais sensíveis às expectativas do mercado sobre o novo governo.

Com o primeiro e segundo turno das eleições, a expectativa das corretoras para outubro é de mais volatilidade na Bolsa.

Ações mais sugeridas

Vale (VALE5) e Itaú (ITUB4) foram as ações mais recomendadas para o mês. Ambas foram sugeridas em 12 dos 22 portfólios. 

BRF (BRFS3) e Cielo (CIEL3) ficaram empatadas em segundo lugar, com 11 recomendações cada uma. 

Apesar da queda no preço do minério de ferro – ocasionada pela desaceleração da economia chinesa -, principal produto da Vale, corretoras acreditam que a empresa é uma das únicas no mundo capaz de manter a produção, mesmo com um patamar de preço menor, já que a companhia é uma das maiores mineradoras do mundo.

Além disso, analistas defendem que o preço das ações está atrativo e a mineradora se beneficia da desvalorização do real, uma vez que sua receita é predominantemente proveniente em exportações.

Ao justificar a indicação do Itaú, as corretoras defendem que o banco apresenta os melhores resultados dentre as instituições financeiras que têm ações negociadas na Bolsa. “O banco demonstra que segue em tendência positiva em termos de queda de inadimplência, evolução de sua margem com clientes, custos operacionais sob controle e continuidade do foco em ganhos de eficiência”, diz o relatório da XP Investimentos.

Sobre a Cielo, analistas afirmam que a empresa está bem posicionada no mercado de cartões, no qual é líder de mercado. Conforme explica a Rico, por meio de seu relatório, pontos negativos que podem afetar a ação, como aumento da concorrência, desaceleração da economia e risco regulatório já foram precificados.

A corretora acrescenta que a ação tem perspectivas de distribuir bons dividendos e bom potencial de crescimento, por estar em um setor com baixa penetração no país ainda.

A BRF, criada a partir da fusão da Perdigão e da Sadia em 2009, é recomendada por se beneficiar da desvalorização do real, uma vez que boa parte de sua receita é voltada ao mercado externo. Além disso, corretoras acreditam que a empresa tem um alto potencial de crescimento da eficiência operacional, como resultado do seu projeto de reestruturação.

Confira a seguir as carteiras recomendadas para outubro:

Alpes/Wintrade

Desempenho em setembro: -10,39%. Desempenho em 2014: -0,01%.

Papéis retirados: Petrobras.

Ação Preço-alvo Pesos
Alupar (ALUP11) ND 5%
Ambev (ABEV3) ND 10%
BRF (BRFS3) ND 10%
Cosan (CSAN3) ND 10%
Gerdau (GGBR4) ND 5%
Itaú Unibanco (ITUB4) ND 10%
Klabin (KLBN11) ND 10%
Kroton (KROT3) ND 10%
Minerva (BEEF3) ND 5%
Multiplus (MPLU3) ND 5%
Vale (VALE5) ND 15%
Vanguarda (VAGR3) ND 5%

Ativa

Desempenho em setembro: -10,39%. Desempenho em 2014: +1,45%.

Papéis incluídos: Ambev. Papéis retirados: Multiplan.

Ação Preço-alvo Peso
Ambev (ABEV3) ND 5%
BRF (BRFS3) ND 10%
Equatorial (EQTL3) ND 10%
Estácio (ESTC3) ND 15%
Itaú Unibanco (ITUB4) ND 10%
Pão de Açúcar (PCAR4) ND 15%
Petrobras (PETR4) ND 10%
BM&FBovespa (BVMF3) ND 5%
Telefônica Vivo (VIVT4) ND 10%
Vale (VALE5) ND 10%

BB Investimentos

Desempenho em setembro: -12,39%. Desempenho em 2014: -4,71%.

Papéis incluídos: BRF, Cielo, Embraer, Fibria, Hypermarcas, Pão de Açúcar e Smiles. Papéis retirados: BICBANCO, Eletrobras, Kroton, Lojas

Ação Preço-alvo Peso
Anima (ANIM3) ND 10%
BRF (BRFS3) ND 10%
Cielo (CIEL3) ND 10%
CSN (CSNA3) ND 5%
Embraer (EMBR3) ND 7,5%
Fibria (FIBR3) ND 5%
Hypermarcas (HYPE3) ND 5%
Itau Unibanco (ITUB4) ND 10%
Pão de Açúcar (PCAR4) ND 5%
Petrobras (PETR3) ND 12.5%
Smiles (SMLE3) ND 10%
Vale (VALE5) ND 10%

Bradesco/Ágora

Desempenho em setembro: -5,2%. Desempenho em 2014: +6,4%.

A carteira não foi alterada.

Ação Preço-alvo Peso
Alpargatas (ALPA4) R$ 14,00 10%
Anima (ANIM3) R$ 37,00 10%
BRF (BRFS3) R$ 65,00 10%
Hypermarcas (HYPE3) R$ 23,00 10%
Itaú Unibanco (ITUB4) R$ 43,00 10%
JSL (JSLG3) R$ 20,00 10%
M. Dias Branco (MDIA3) R$ 115,00 10%
Qualicorp (QUAL3) R$ 34,60 10%
SulAmérica (SULA11) R$ 19,50 10%
Valid (VLID3) R$ 46,90 10%

Elite

Desempenho em setembro: -11,49%. Como a carteira foi inaugurada em julho, não foi divulgado o desempenho no ano.

A carteira não foi alterada.

Ação Preço-alvo Peso
Ambev (ABEV3) ND 10%
BB Seguridade (BBSE3) ND 10%
Bradesco (BBDC4) ND 10%
BRF (BRFS3) ND 10%
Cosan (CSAN3) ND 10%
Estácio (ESTC3) ND 10%
Itaú Unibanco (ITUB4) ND 10%
Localiza (RENT3) ND 10%
Petrobras (PETR4) ND 10%
Vale (VALE5) ND 10%

Geração Futuro/Brasil Plural

Desempenho em setembro: -8,6%. Desempenho em 2014: +13,7%.

A carteira não foi alterada.

Ação Preço-alvo Pesos
Aliansce (ALSC3) ND 10%
Ambev (ABEV3) ND 15%
BB Seguridade (BBSE3) ND 15%
Ecorodovias (ECOR3) ND 5%
Estácio (ESTC3) ND 5%
Gol (GOLL4) ND 5%
Itaú (ITUB4) ND 10%
Klabin (KLBN11) ND 15%
Magazine Luiza (MGLU3) ND 5%
Pão de Açúcar (PCAR4) ND 15%

Geral Investimentos

Desempenho em setembro: -8,61%. Desempenho em 2014: +2,19%.

Papéis incluídos: Fibria. Papéis retirados: Bradesco.

Ação Preço-alvo Pesos
Ambev (ABEV3) ND ND
BR Malls (BRML3) ND ND
BRF (BRFS3) ND ND
Cielo (CIEL3) ND ND
Fibria (FIBR3) ND ND
Itaú Unibanco (ITUB4) ND ND
Kroton (KROT3) ND ND
Multiplus (MPLU3) ND ND
Ultrapar (UGPA3) ND ND
Valid (VLID3) ND ND

Gradual

Desempenho em setembro: -14,22%. Desempenho em 2014: -5,04%.

Papéis incluídos: BB Seguridade, Eternit, Fibria e Suzano. Papéis retirados: Banco do Brasil, Cosan, Eletrobras e Petrobras.

Ação Preço-alvo Peso
BB Seguridade (BBSE3) R$ 38,80 10%
Bematech (BEMA3) R$ 11,10 10%
Fibria (FIBR3) R$ 29,00 10%
Eternit (ETER3) R$ 5,15 10%
Magazine Luiza (MGLU3) R$ 11,50 10%
Marcopolo (POMO4) R$ 5,00 10%
Pão de Açúcar (PCAR4) R$ 123,80 10%
Saraiva (SLED4) R$ 21,80 10%
Sonae Sierra Brasil (SSBR3) R$ 20,80 10%
Suzano (SUZB5) R$ 10,80 10%

Guide

Desempenho em setembro: -8,94%. Desempenho em 2014: -2,65%.

Papéis incluídos: Ambev e Tupy. Papéis retirados: Ser Educacional e Valid.

Ação Preço-alvo Peso
Ambev (ABEV3) ND 10%
Cosan (CSAN3) ND 10%
Estácio (ESTC3) ND 10%
Itaúsa (ITSA4) ND 15%
Pão de Açúcar (PCAR4) ND 10%
Petrobras (PETR4) ND 5%
Qualicorp (QUAL3) ND 10%
Suzano (SUZB5) ND 10%
Tupy (TUPY3) ND 10%
Vale (VALE5) ND 10%

Lerosa

A carteira foi iniciada neste mês, por isso não foi divulgado nenhum desempenho.

Ação Preço-alvo Peso
BB Seguridade (BBSE3) ND 10%
BM&FBovespa (BVMF3) ND 10%
CCR (CCRO3) ND 10%
Cielo (CIEL3) ND 10%
Itaú Unibanco (ITUB4) ND 10%
Kroton (KROT3) ND 10%
Pão de Açúcar (PCAR4) ND 10%
Petrobras (PETR4) ND 10%
Telefônica Vivo (VIVT4) ND 10%
Vale (VALE5) ND 10%

Magliano

Desempenho em setembro: -9,29%. Desempenho em 2014: -1,1%.

Papéis incluídos: Embraer e Petrobras. Papéis retirados: Cemig e Vale.

Ação Preço-alvo Peso
Ambev (ABEV3) R$ 19,00 ND
BB Seguridade (BBSE3) R$ 40,41 ND
Cielo (CIEL3) R$ 50,75 ND
Embraer (EMBR3) R$ 27,01  
Estácio (ESTC3) R$ 34,80 ND
Itaú Unibanco (ITUB4) R$ 45,42 ND
Kroton (KROT3) R$ 18,93 ND
Localiza (RENT3) R$ 45,60 ND
Petrobras (PETR4) R$ 26,02  
RaiaDrogasil (RADL3) R$ 24,10 ND

Pax

Desempenho em agosto: -9,26%. Desempenho em 2014: 6,68%.

Papéis incluídos: Estácio. Papéis retirados: Cielo.

Ação Preço-alvo Peso
Bradesco (BBDC4) ND 10%
Estácio (ESTC3) ND 10%
Lojas Renner (LREN3) ND 10%
Multiplus (MPLU3) ND 10%
Odontoprev (ODPV3) ND 10%
Porto Seguro (PSSA3) ND 10%
Souza Cruz (CRUZ3) ND 10%
Taesa (TAEE11) ND 10%
Totvs (TOTS3) ND 10%
Vale (VALE5) ND 10%

Santander

Desempenho em setembro: -15,58%. Desempenho em 2014: -2,50%.

Papéis incluídos: BB Seguridade, BRF e Cielo. Papéis retirados: Banco do Brasil, BM&FBovespa e Cosan.

Ação Preço-alvo Peso
BB Seguridade (BBSE3) R$ 41,50 4,7%
BRF (BRFS3) R$ 61,00* 1,7%
Cielo (CIEL3) R$ 46,00 4,0%
Itaú Unibanco (ITUB4) R$ 41,00* 3,9%
Kroton (KROT3)* R$ 18,00 2,3%
Marcopolo (POMO4) R$ 5,00 3,9%
Petrobras (PETR3) Em revisão 3,7%
Sul América (SULA11) R$ 17,00 3,9%
Vale (VALE3) R$ 37,10 7,9%

*Preços-alvo referentes ao fim de 2014. Os outros preços-alvo são projetados para o fim de 2015.

Solidez

Desempenho em setembro: -2,88%. Desempenho em 2014: +22,91%.

Papéis incluídos: CCR. Papéis retirados: Fibria.

Ação Preço-alvo Peso
Ecorodovias (ECOR3) ND 12,5%
CCR (CCRO3) ND 12,5%
Marcopolo (POMO4) ND 12,5%
Usiminas (USIM3) ND 12,5%
Sabesp (SBSP3) ND 12,5%
Iochpe-Maxion (MYPK3) ND 12,5%
Vale (VALE5) ND 12,5%
Oi (OIBR4) ND 12,5%

Rico/Octo Investimentos

Desempenho em setembro: -9,94%. Desempenho em 2014: -6,87%.

Papéis incluídos: BR Malls, MRV e Petrobras. Papéis retirados: Cetip, Estácio e Hypermarcas.

Ação Preço-alvo Pesos
BB Seguridade (BBSE3) ND 12,50%
BM&FBovespa ND 12,50%
BR Malls (BRML3) ND 12,50%
Cielo (CIEL3) ND 12,50%
Itaú-Unibanco (ITUB4) ND 12,50%
MRV 9MRVE3) ND 12,50%
Petrobras (PETR4) ND 12,50%
Via Varejo (VVAR11) ND 12,50%

Souza Barros

Desempenho em setembro: -10,90%. Desempenho em 2014: -8,24%.

Papéis incluídos: Fibria. Papéis retirados: Localiza.

Ação Preço-alvo Peso
Bradesco (BBDC4) ND ND
BRF (BRFS3) ND ND
Fibria (FIBR3) ND ND
Petrobras (PETR4) ND ND
Raia Drogasil (RADL3) ND ND

Spinelli

Desempenho em setembro: -7,04%. Desempenho em 2014: +0,78%.

Papéis incluídos: Linx e Weg. Papéis retirados: Cosan, Fleury.

Ação Preço-alvo Pesos
BB Seguridade ND 10%
BRF (BRFS3) ND 10%
CCR (CCRO3) ND 10%
Cielo (CIEL3) ND 10%
Linx (LINX3) ND 10%
M. Dias Branco (MDIA3) ND 10%
Ser Educacional (SEER3) ND 10%
Suzano (SUZB5) ND 10%
Ultrapar (UGPA3) ND 10%
Weg (WEGE3) ND 10%

TOV

Desempenho em setembro: -12,76%. Desempenho em 2014: -3,26%.

Papéis incluídos: AMBEV, Banco do Brasil e Embraer. Papéis retirados: ALL, CCR e Marcopolo.

Ação Preço-Alvo Peso
Ambev (ABEV3) R$ 21,53 15%
Banco do Brasil (BBAS3) R$ 37,97 15%
Cielo (CIEL3) R$ 51,81 15%
Embraer (EMBR3) R$ 27,75 10%
Petrobras (PETR4) R$ 26,68 15%
Ultrapar (UGPA3) R$ 63,32 15%
Vale (VALE5) R$ 38,37 15%

Um Investimentos

Desempenho em setembro: -7,18%. Desempenho em 2014: +2,68%

Papéis incluídos: ALL e Estácio. Papéis retirados: Marfrig e Ser Educacional.

Ação Preço-alvo Peso
ALL (ALLL3) R$ 10,00 10%
Alpargatas (ALPA4) R$ 13,70 10%
BRF (BRFS3) R$ 65,50 10%
Estácio (ESTC3) R$ 31.00 10%
Fleury (FLRY3) R$ 19,00 10%
Magazine Luiza (MGLU3) R$ 10,50 10%
Pão de Açúcar (PCAR4) R$ 130,00 10%
Qualicorp (QUAL3) R$ 33,00 10%
Suzano (SUZB5) R$ 10,46 10%
Vale (VALE5) R$ 35,00 10%

Votorantim

Desempenho em setembro: -14,32%. Desempenho em 2014: -11,57%.

Papéis incluídos: Braskem, BRF, Cielo e Vale. Papéis retirados: BM&FBovespa, Cosan, Direcional e JBS.

Ação Preço-alvo Peso
Bradesco (BBDC4) R$ 40,00 20%
Braskem (BRKM5) R$ 19,20 10%
BRF (BRFS3) R$ 62,00 20%
Cielo (CIEL3) R$ 49,00 15%
Kroton (KROT3) R$ 20,10 15%
Petrobras (PETR4) R$ 21,00 20%
Tractebel (TBLE3) R$ 37,50 10%
Vale (VALE5) ND 10%

Walpires

Desempenho em setembro: -0,7%. Desempenho em 2014: %.

Papéis incluídos: BB Seguridade, Cielo, Embraer, Oi e Vale. Papéis retirados: Banrisul, BR Malls, BRF, CCR e Natura.

Ação Preço-alvo Peso
Ambev (ABEV3) ND 10%
Braskem (BRKM5) ND 10%
Fibria (FIBR3) ND 10%
Suzano (SUZB5) ND 10%
Transmissão Paulista (TRPL4) ND 10%
BB Seguridade (BBSE3) ND 10%
Cielo (CIEL3) ND 10%
Embraer (EMBR3) ND 10%
OI (OIBR4) ND 10%
Vale (VALE5) ND 10%

XP Investimentos

Desempenho em agosto: -12,5 %. Desempenho em 2014: +7,3%.

Papéis incluídos: Petrobras ON (ordinária) e Hering. Papéis retirados: PN (preferencial) Lojas Americanas (LAME4).

Ação Preço-alvo Pesos
BB Seguridade (BBSE3) ND 10%
Cielo (CIEL3) ND 10%
Embraer (EMBR3) ND 10%
Estácio (ESTC3) ND 20%
Hering (HGTX3) ND 8%
Itaú Unibanco (ITUB4) ND 20%
Petrobras (PETR3) ND 15%
Randon (RAPT4) ND 7%

*Texto atualizado às 11h45 do dia 02/10/2014 com correções na carteira da Lerosa Investimentos.