As ações mais indicadas para março, segundo 17 corretoras

Levantamento do site EXAME aponta quais papéis são os mais recomendados por analistas para investir na Bolsa neste mês

São Paulo – As ações preferenciais da Petrobras (PETR4) continuaram no topo das indicações de corretoras e bancos para março. Elas foram sugeridas em 13 das 17 carteiras recomendadas de ações recebidas pelo site EXAME neste mês.

Assim como em fevereiro, a segunda colocação ficou com as ações do Itaú Unibanco (ITUB4), com nove indicações. No terceiro lugar, houve empate entre B3 (BVMF3) e Fibria (FIBR3), com sete recomendações cada uma.

No mês de fevereiro, a carteira com melhor desempenho foi a da corretora Terra Investimentos, que registrou valorização de 5,80%, enquanto o Ibovespa —principal índice da Bolsa brasileira— subiu 0,52% no período.

Na outra ponta, a carteira da corretora Lerosa apresentou o pior desempenho no mês passado, uma queda de 4,17%. Somente quatro portfólios tiveram variação negativa em fevereiro.

Veja o desempenho das carteiras em fevereiro:

Instituição Desempenho em fevereiro Desempenho em 2018
Terra Investimentos 5,80% 16,90%
Rico 4,32% 15,40%
Nova Futura 4,26% 18,77%
Bradesco 2,80% 19,30%
Guide 2,71% 13,52%
Ativa 2,19% 11,93%
XP Investimentos 2,10% 13,00%
Walpires 1,86% 13,91%
Coinvalores 1,50% 9,90%
Elite 1,24% 12,80%
Quantitas 1,13% 12,15%
BB Investimentos 0,67% 7,29%
Genial (Geração Futuro) 0,06% 6,28%
Planner -1,15% 6,75%
Magliano -1,30% 0,60%
Spinelli -2,30% 10,49%
Lerosa -4,17% 2,52%

As mais indicadas

Para as ações da Petrobras, os analistas da Guide Investimentos destacam que a companhia está em um cenário mais positivo em 2018. “Destacamos o processo de venda de ativos, a melhora operacional com ganhos de eficiência e produtividade e uma contínua desalavancagem financeira.”

Já para o Itaú, a corretora Ativa diz que a ação do banco é a sua “preferida do setor bancário, principalmente por conta do operacional, que historicamente tende a surpreender a expectativa do mercado”.

Segundo a equipe de análise da corretora, apesar dos resultados fora do Brasil, na América Latina, estarem abaixo do esperado, está mantida a visão de que o posicionamento em mercados estrangeiros tende a contribuir positivamente para o banco.

“Esperamos que uma melhora na atividade econômica do país e o ciclo de baixa na taxa de juros possam melhorar o cenário para o setor bancário no Brasil. O Itaú possui um bom histórico de rentabilidade e negocia a um P/E mais barato do que seus pares privados”, disse a Ativa, em relatório.

Sobre a B3, os analistas da corretora do Bradesco disseram que apostam na expectativa de retomada dos investimentos privados e, consequentemente, dos IPOs na Bolsa. Além disso, eles citaram como ponto positivo a conclusão do processo de integração entre BM&FBovespa e Cetip —que deu origem à B3.

“Esperamos que os volumes médios de negócios permaneçam com tendência positiva, juntamente com os maiores volumes de operações de dívida corporativa, devido a taxa de juros atualmente mais baixa”, escreveu a equipe de análise da corretora, em relatório.

Para a Fibria, a equipe de análise da XP Investimentos ressaltou em relatório que ela é a maior empresa mundial em termos de capacidade de produção de celulose branqueadas de fibra curta.

“Hoje, o custo caixa [da Fibria] é de US$ 206/ton, caminhando para US$ 155/ton em 2021 com a entrada de novos projetos e melhorias operacionais. Como exemplo, a média brasileira é de US$ 232/ton, no Canadá é de US$ 351/ton e nos Estados Unidos ficam com US$ 453/ton”, destacou a corretora.

Veja as ações mais recomendadas para março:

Ações Recomendações
Petrobras (PETR4) 13
Itaú Unibanco (ITUB4) 9
B3 (BVMF3) 7
Fibria (FIBR3) 7
Banco do Brasil (BBAS3) 6
Lojas Americanas (LAME4) 6
Braskem (BRKM5) 5
Equatorial (EQTL3) 4
Gerdau (GGBR4) 4
Klabin (KLBN11) 4
Usiminas (USIM5) 4
Vale (VALE3) 4
Via Varejo (VVAR11) 4
Raia Drogasil (RADL3) 3
Ambev (ABEV3) 3
BRF (BRFS3) 3
CCR (CCRO3) 3
Cosan (CSAN3) 3
Eztec (EZTC3) 3
Localiza (RENT3) 3
Magazine Luiza (MGLU3) 3
Rumo (RAIL3) 3
BB Seguridade (BBSE3) 2
BR Distribuidora (BRDT3) 2
Bradesco (BBDC4) 2
Carrefour (CRFB3) 2
Copel (CPLE6) 2
CPFL Energia (CPFE3) 2
CSN (CSNA3) 2
Cyrela (CYRE3) 2
Hypermarcas (HYPE3) 2
Iguatemi (IGTA3) 2
IRB Brasil (IRBR3) 2
Itaúsa (ITSA4) 2
Kroton (KROT3) 2
M. Dias Branco (MDIA3) 2
MRV (MRVE3) 2
Multiplan (MULT3) 2
Pão de Açúcar (PCAR4) 2
Randon (RAPT4) 2
Smiles (SMLE3) 2
Tenda (TEND3) 2
Ultrapar (UGPA3) 2
BR Malls (BRML3) 1
Azul (AZUL4) 1
BTG Pactual (BPAC11) 1
Cemig (CMIG4) 1
Comgás (CGAS5) 1
CSU (CARD3) 1
CVC Brasil (CVCB3) 1
Dimed Panvel (PNVL3) 1
Duratex (DTEX3) 1
Ecorodovias (ECOR3) 1
Eletrobras (ELET6) 1
Energisa (ENGI11) 1
Fleury (FLRY3) 1
Gol (GOLL4) 1
Grendene (GRND3) 1
Guararapes (GUAR3) 1
Iochpe-Maxion (MYPK3) 1
JBS (JBSS3) 1
JSL (JSLG3) 1
Metal Leve (LEVE3) 1
Metalúrgica Gerdau (GOAU4) 1
Minerva (BEEF3) 1
Movida (MOVI3) 1
Multiplus (MPLU3) 1
Natura (NATU3) 1
Qualicorp (QUAL3) 1
Queiroz Galvão (QGEP3) 1
Renner (LREN3) 1
Sanepar (SAPR11) 1
Sanepar (SAPR4) 1
São Martinho (SMTO3) 1
Ser Educacional (SEER3) 1
Suzano (SUZB3) 1
Taesa (TAEE11) 1
Tim (TIMP3) 1
Totvs (TOTS3) 1
Tupy (TUPY3) 1
Vale (VALE5) 1
Valid (VLID3) 1

Carteiras recomendadas

Veja abaixo as carteiras recomendadas por 17 corretoras para o mês de março. Elas estão organizadas por ordem alfabética.

Ativa

Desempenho em fevereiro: 2,19%
Desempenho em 2018: 11,93%
Não houve alterações na carteira.

Ação Preço-alvo, em R$ Peso, em %
Equatorial (EQTL3) Não disponível 15
Gerdau (GGBR4) Não disponível 15
Itaú Unibanco (ITUB4) Não disponível 15
Klabin (KLBN11) Não disponível 10
Natura (NATU3) Não disponível 10
Petrobras (PETR4) Não disponível 5
Ultrapar (UGPA3) Não disponível 15
Via Varejo (VVAR11) Não disponível 15

BB Investimentos

Desempenho em fevereiro: 0,67%
Desempenho em 2018: 7,29%
Ações incluídas: Eztec, Fibria, Gerdau e Magazine Luiza.
Ações retiradas: Direcional, Smiles, Usiminas e Via Varejo.

Ação Preço-alvo, em R$ Peso, em %
B3 (BVMF3) Não disponível 10
CSN (CSNA3) Não disponível 10
Eztec (EZTC3) Não disponível 10
Fibria (FIBR3) Não disponível 10
Gerdau (GGBR4) Não disponível 10
Itaú Unibanco (ITUB4) Não disponível 10
Lojas Americanas (LAME4) Não disponível 10
Magazine Luiza (MGLU3) Não disponível 10
Petrobras (PETR4) Não disponível 10
Vale (VALE3) Não disponível 10

Bradesco

Desempenho fevereiro: 2,80%
Desempenho em 2018: 19,30%
Ações incluídas: Duratex, Iguatemi, Iochpe-Maxion e Via Varejo.
Ações retiradas: BR Malls, M. Dias Branco, Randon e Ser Educacional.

Ação Preço-alvo, em R$ Peso, em %
B3 (BVMF3) 26,00 10
Banco do Brasil (BBAS3) 49,00 10
Duratex (DTEX3) 14,00 10
Fibria (FIBR3) 71,00 10
Iguatemi (IGTA3) 48,00 10
Iochpe-Maxion (MYPK3) 28,00 10
Itaú Unibanco (ITUB4) 54,00 10
Petrobras (PETR4) 23,00 10
Usiminas (USIM5) 16,00 10
Via Varejo (VVAR11) 28,00 10

Coinvalores

Desempenho em fevereiro: 1,50%
Desempenho em 2018: 9,90%
Ações retiradas: São Carlos e Ser Educacional.
Ações incluídas: Azul e Kroton.

Ação Preço-alvo, em R$ Peso, em %
Azul (AZUL4) Não disponível 6
B3 (BVMF3) Não disponível 6
Bradesco (BBDC4) Não disponível 5
CCR (CCRO3) Não disponível 6
Copel (CPLE6) Não disponível 6
Eztec (EZTC3) Não disponível 6
Fibria (FIBR3) Não disponível 6
Gerdau (GGBR4) Não disponível 6
Itaú Unibanco (ITUB4) Não disponível 5
Kroton (KROT3) Não disponível 6
Magazine Luiza (MGLU3) Não disponível 6
Metal Leve (LEVE3) Não disponível 6
Petrobras (PETR4) Não disponível 10
Raia Drogasil (RADL3) Não disponível 6
Smiles (SMLE3) Não disponível 6
Vale (VALE5) Não disponível 8

Elite

Desempenho em fevereiro: 1,24%
Desempenho em 2018: 12,80%
Não houve alterações na carteira.

Ação Preço-alvo, em R$ Peso, em %
Ambev (ABEV3) Não disponível 5
B3 (BVMF3) Não disponível 5
Bradesco (BBDC4) Não disponível 10
BRF (BRFS3) Não disponível 5
Equatorial (EQTL3) Não disponível 5
Fibria (FIBR3) Não disponível 5
Hypermarcas (HYPE3) Não disponível 5
IRB Brasil (IRBR3) Não disponível 5
Itaú Unibanco (ITUB4) Não disponível 15
Localiza (RENT3) Não disponível 5
Magazine Luiza (MGLU3) Não disponível 5
MRV (MRVE3) Não disponível 5
Petrobras (PETR4) Não disponível 10
Ultrapar (UGPA3) Não disponível 5
Vale (VALE3) Não disponível 10

Genial (Geração Futuro)

Desempenho em fevereiro: 0,06%
Desempenho em 2018: 6,28%
Ações incluídas: CPFL Energia, Klabin, Raia Drogasil e Tim
Ações retiradas: Cosan, Linx, Magnesita e Suzano

Ação Preço-alvo, em R$ Peso, em %
B3 (BVMF3) Não disponível 10
CPFL Energia (CPFE3) Não disponível 10
Energisa (ENGI11) Não disponível 10
Fibria (FIBR3) Não disponível 10
Iguatemi (IGTA3) Não disponível 10
Klabin (KLBN11) Não disponível 10
Raia Drogasil (RADL3) Não disponível 10
Tenda (TEND3) Não disponível 10
Tim (TIMP3) Não disponível 10
Totvs (TOTS3) Não disponível 10

Guide

Desempenho em fevereiro: 2,71%
Desempenho em 2018: 13,52%
Ações incluídas: BR Distribuidora, Fibria, Gol e JBS.
Ações retiradas: Ambev, Petrobras, Suzano e Weg.

Ação Preço-alvo, em R$ Peso, em %
Banco do Brasil (BBAS3) Não disponível 10
BR Distribuidora (BRDT3) Não disponível 10
Equatorial (EQTL3) Não disponível 10
Fibria (FIBR3) Não disponível 10
Gol (GOLL4) Não disponível 10
JBS (JBSS3) Não disponível 10
Localiza (RENT3) Não disponível 10
Rumo (RAIL3) Não disponível 10
Tenda (TEND3) Não disponível 10
Usiminas (USIM5) Não disponível 10

Lerosa

Desempenho em fevereiro: -4,17%
Desempenho em 2018: 2,52%
Ações incluídas: Ambev e Pão de Açúcar.
Ação retirada: Localiza.

Ação Preço-alvo, em R$ Peso, em %
Ambev (ABEV3) Não disponível 5
Banco do Brasil (BBAS3) Não disponível 10
BB Seguridade (BBSE3) Não disponível 5
BR Malls (BRML3) Não disponível 5
BRF (BRFS3) Não disponível 5
CCR (CCRO3) Não disponível 5
Cosan (CSAN3) Não disponível 5
Hypermarcas (HYPE3) Não disponível 10
Minerva (BEEF3) Não disponível 5
MRV (MRVE3) Não disponível 5
Pão de Açúcar (PCAR4) Não disponível 5
Petrobras (PETR4) Não disponível 10
Raia Drogasil (RADL3) Não disponível 5
Renner (LREN3) Não disponível 10
Sanepar (SAPR11) Não disponível 5
São Martinho (SMTO3) Não disponível 5

Magliano

Desempenho em fevereiro: -1,30%
Desempenho em 2018: 0,60%
Não houve alterações na carteira.

Ação Preço justo, em R$ Peso, em %
BB Seguridade (BBSE3) Não disponível 10
Ecorodovias (ECOR3) Não disponível 10
Equatorial (EQTL3) Não disponível 10
Eztec (EZTC3) Não disponível 10
Itaúsa (ITSA4) Não disponível 10
Lojas Americanas (LAME4) Não disponível 10
M. Dias Branco (MDIA3) Não disponível 10
Multiplan (MULT3) Não disponível 10
Pão de Açúcar (PCAR4) Não disponível 10
Qualicorp (QUAL3) Não disponível 10

Nova Futura

Desempenho em fevereiro: 4,26%
Desempenho em 2018: 18,77%
Ações retiradas: Cielo e Natura.
Ações incluídas: Ambev e CPFL Energia.

Ação Preço-alvo, em R$ Peso, em %
Ambev (ABEV3) Não disponível 10
Banco do Brasil (BBAS3) Não disponível 10
Braskem (BRKM5) Não disponível 5
BR Distribuidora (BRDT3) Não disponível 10
CPFL Energia (CPFE3) Não disponível 10
Gerdau (GGBR4) Não disponível 15
Itaú Unibanco (ITUB4) Não disponível 10
Petrobras (PETR4) Não disponível 15
Vale (VALE3) Não disponível 15

Planner

Desempenho em fevereiro: -1,15%
Desempenho em 2018: 6,75%
Ações retiradas: BB Seguridade, Engie Brasil, Grendene, Itaúsa e Ultrapar.
Ações incluídas: Carrefour, Fleury, Itaú Unibanco, Lojas Americanas e Taesa.

Ação Preço justo, em R$ Peso, em %
Braskem (BRKM5) 56,00 10
Carrefour (CRFB3) 16,00 10
Fleury (FLRY3) 28,00 10
Itaú Unibanco (ITUB4) 52,00 10
Klabin (KLBN11) 19,00 10
Kroton (KROT3) 20,00 10
Lojas Americanas (LAME4) 19,00 10
Multiplus (MPLU3) 42,00 10
Taesa (TAEE11) 25,00 10
Tupy (TUPY3) 23,00 10

Quantitas

Desempenho em fevereiro: 1,13%
Desempenho em 2018: 12,15%
Ações incluídas: Petrobras e Randon.
Ações retiradas: Hering e Klabin.

Ação Preço-alvo, em R$ Peso, em %
Banco do Brasil (BBAS3) Não disponível 12,50
Braskem (BRKM5) Não disponível 7,50
CVC Brasil (CVCB3) Não disponível 5
Dimed Panvel (PNVL3) Não disponível 5
Grendene (GRND3) Não disponível 10
Guararapes (GUAR3) Não disponível 10
Itaú Unibanco (ITUB4) Não disponível 12,50
M. Dias Branco (MDIA3) Não disponível 5
Movida (MOVI3) Não disponível 7,50
Multiplan (MULT3) Não disponível 7,50
Petrobras (PETR4) Não disponível 12,50
Randon (RAPT4) Não disponível 5

Rico

Desempenho em fevereiro: 4,32%
Desempenho em 2018: 15,40%
Não houve alterações na carteira.

Ação Preço-alvo, em R$ Peso, em %
Eletrobras (ELET6) Não disponível 12,50%
Itaú Unibanco (ITUB4) Não disponível 12,50%
Lojas Americanas (LAME4) Não disponível 12,50%
Petrobras (PETR4) Não disponível 12,50%
Rumo (RAIL3) Não disponível 12,50%
Smiles (SMLE3) Não disponível 12,50%
Usiminas (USIM5) Não disponível 12,50%
Via Varejo (VVAR11) Não disponível 12,50%

Spinelli

Desempenho em fevereiro: -2,30%
Desempenho em 2018: 10,49%
Ação incluída: Cyrela e Ser Educacional.
Ação retirada: BRF, Direcional, Mills e Rumo.

Ação Preço-alvo, em R$ Peso, em %
Braskem (BRKM5) Não disponível 8
BTG Pactual (BPAC11) Não disponível 7
Carrefour (CRFB3) Não disponível 8
Copel (CPLE6) Não disponível 6
Cosan (CSAN3) Não disponível 8
CSN (CSNA3) Não disponível 6
Cyrela (CYRE3) Não disponível 6
Itaúsa (ITSA4) Não disponível 11
JSL (JSLG3) Não disponível 6
Petrobras (PETR4) Não disponível 15
Queiroz Galvão (QGEP3) Não disponível 6
Sanepar (SAPR4) Não disponível 6
Ser Educacional (SEER3) Não disponível 7

Terra Investimentos

Desempenho em fevereiro: 5,80%
Desempenho em 2018: 16,90%
Ações incluídas: Klabin, Valid e Cosan.
Ações retiradas: Unipar, Ambev e CCR.

Ação Preço-alvo, em R$ Peso, em %
BRF (BRFS3) 40,00 15
Cemig (CMIG4) 10,60 15
Cosan (CSAN3) 50,00 15
Klabin (KLBN11) 22,00 15
Lojas Americanas (LAME4) 21,00 15
Petrobras (PETR4) 24,90 15
Valid (VLID3) 25,00 10

Walpires

Desempenho em fevereiro: 1,86%
Desempenho em 2018: 13,91%
Ações incluídas: Cyrela, Comgás e Braskem.
Ações retiradas: Gerdau, Renner e MRV.

Ação Preço-alvo, em R$ Peso, em %
B3 (BVMF3) Não disponível 10
Braskem (BRKM5) Não disponível 10
CCR (CCRO3) Não disponível 10
Comgás (CGAS5) Não disponível 10
CSU (CARD3) Não disponível 10
Cyrela (CYRE3) Não disponível 10
Localiza (RENT3) Não disponível 10
Metalúrgica Gerdau (GOAU4) Não disponível 10
Petrobras (PETR4) Não disponível 10
Suzano (SUZB3) Não disponível 10

XP Investimentos

Desempenho em fevereiro: 2,10%
Desempenho em 2018: 13%
Ação incluída: Vale.
Ação retirada: CCR.

Ações Preço-alvo, em R$ Peso, em %
B3 (BVMF3) Não disponível 8
Banco do Brasil (BBAS3) Não disponível 10
Fibria (FIBR3) Não disponível 10
IRB Brasil (IRBR3) Não disponível 10
Lojas Americanas (LAME4) Não disponível 7
Petrobras (PETR4) Não disponível 10
Randon (RAPT4) Não disponível 10
Rumo (RAIL3) Não disponível 10
Usiminas (USIM5) Não disponível 9
Vale (VALE3) Não disponível 6
Via Varejo (VVAR11) Não disponível 10

*A matéria foi atualizada no dia 06/03/2018, às 17h, para correção de três carteiras. No portfólio da Ativa, as ações da BR Malls e da Raia Drogasil haviam sido incluídas erroneamente, e foram retiradas. As ações na carteira da Nova Futura estavam com os pesos errados, e foram alterados. Já na lista de recomendações da Elite estava faltando a ação da Fibria —com a inclusão, o papel da companhia ficou empatado com o da B3 entre os mais indicados para o mês. A lista geral de todas as ações recomendadas para o mês foi atualizada com a retirada de uma indicação para BR Malls e para Raia Drogasil e com inclusão de uma indicação para Fibria. O texto de abertura foi atualizado com comentários sobre a Fibria.