As 14 cidades onde o aluguel por temporada mais ferve

Pesquisa do site AlugueTemporada mostra as cidades que geram mais contatos entre proprietários e potenciais locatários do Brasil

São Paulo – Rio de Janeiro (RJ), Ubatuba (SP) e Guarujá (SP) são as cidades brasileiras onde o aluguel por temporada é mais popular.

A constatação foi feita a partir de uma pesquisa realizada pelo site AlugueTemporada e divulgada com exclusividade para EXAME.com.

O levantamento considerou a porcentagem de contatos realizados em cada cidade em relação ao número total de contatos do site, que possui mais de 20 mil imóveis anunciados em 544 municípios.

O contato é contabilizado a partir do momento em que o usuário envia um e-mail ao proprietário do imóvel mostrando seu interesse em fazer o aluguel por temporada.

Conforme explica Nicholas Spitzman, presidente do AlugueTemporada, ao utilizar o contato feito entre o interessado e o proprietário como métrica, não se mede apenas a quantidade de buscas, mas o cruzamento entre a demanda e a oferta em cada cidade.

“O número de contatos mostra o nível de fomento, de popularidade da modalidade de aluguel por temporada na cidade. Os contatos dizem quantos imóveis existem para atender a demanda e quantas pessoas procuraram imóveis naquele local”, esclarece.

Em uma cidade com apenas uma casa anunciada, por exemplo, mesmo que 20 pessoas estejam buscando um imóvel para alugar, com uma opção apenas menos interessados ligam para aquele proprietário, gerando um número de contatos menor.

Já em uma cidade com 20 casas, se 20 pessoas estiverem procurando imóveis o número de conversas entre os interessados e os proprietários é muito maior, o que pode indicar que aquele local tem um mercado de aluguel não só com alta demanda, mas com ampla oferta.

Para quem pensa no aluguel como forma de investimento, Spitzman comenta que o mercado de locação por temporada acompanha mais as tendências do setor de turismo do que do mercado imobiliário local.

“O aluguel por temporada parece muito mais com o setor de turismo do que com o investimento em imóveis no geral. O aluguel por temporada segue uma dinâmica de que semana a semana o preço pode mudar e pode ter períodos de pico, tal como o setor hoteleiro”, afirma o presidente do AlugueTemporada.

Estados de SP e RJ dominam

Cidades do litoral do Rio de Janeiro e de São Paulo são as mais presentes no ranking.

“O litoral paulista é muito popular porque os moradores da cidade de São Paulo têm uma cultura forte de sair da cidade e ir dirigindo até as praias mais próximas. E o Rio de Janeiro é um destino turístico gigantesco, tem muita demanda e muita oferta”, diz Spitzman.

Confira abaixo a lista das 14 cidades que tiveram maior representatividade dentre as 544 cidades que possuem imóveis anunciados no AlugueTemporada. Os dados aparecem em termos percentuais porque o site preferiu não revelar o número absoluto de contatos.  

1º lugar: Rio de Janeiro 

Percentual em relação à quantidade total de contatos: 11,5%

Estado: Rio de Janeiro

(Ricardo Stuckert/ Fotos Públicas)

2º lugar: Ubatuba

Percentual em relação à quantidade total de contatos: 7,8%

Estado: São Paulo 

(Heitor Carvalho Jorge via Wikimedia Commons)

3º lugar: Guarujá

Percentual em relação à quantidade total de contatos: 6,9%

Estado: São Paulo 

(Priscila Zambotto/Viagem e Turismo)

4º lugar: São Sebastião

Percentual em relação à quantidade total de contatos: 6,4%

Estado: São Paulo 

(Getty Images)

5º lugar: Florianópolis

Percentual em relação à quantidade total de contatos: 4,4%

Estado: Santa Catarina

(Viajante Sandro Traveller/Wikimedia Commons)

6º lugar: Bertioga

Percentual em relação à quantidade total de contatos: 3,6%

Estado: São Paulo 

(Getty Images)

7º lugar: Búzios

Percentual em relação à quantidade total de contatos: 3,6%

Estado: Rio de Janeiro 

(Wikimedia Commons / Mario Roberto Duran Ortiz)

8º lugar: Cabo Frio

Percentual em relação à quantidade total de contatos: 3,5%

Estado: Rio de Janeiro 

(Divulgação/ Prefeitura Cabo Frio)

9º lugar: Praia Grande

Percentual em relação à quantidade total de contatos: 3,4%

Estado: São Paulo

(c.alberto/Flickr/Creative Commons)

10º lugar: Ilhabela

Percentual em relação à quantidade total de contatos: 2,0%

Estado: São Paulo

( (c.alberto/Flickr/Creative Commons) )

11º lugar: Caldas Novas

Percentual em relação à quantidade total de contatos: 1,6%

Estado: Goiás

(Divulgação)

12º lugar: Salvador

Percentual em relação à quantidade total de contatos: 1,5%

Estado: Bahia

(Manu Dias/AGECOM)

13º lugar: Caraguatatuba

Percentual em relação à quantidade total de contatos: 1,4%

Estado: São Paulo

(Lígia Renata Delgado / Flickr / Creative Commons)

14º lugar: Arraial do Cabo

Percentual em relação à quantidade total de contatos: 1,2%

Estado: Rio de Janeiro

(Wikimedia Commons/Mario Sergio Araujo dos Passos)