App de investimentos tem opções que pagam até 128% do CDI

PoupaBrasil foca na renda fixa, apesar da Selic baixa, e quer firmar novas parcerias para oferecer LCI, LCA e CDBs, além dos RDBs e Letras de Câmbio

São Paulo – O app PoupaBrasil, plataforma de investimentos criada por um grupo de instituições financeiras e que tem o apoio institucional da Associação Nacional das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento (Acrefi), passou por uma reformulação para se tornar um marketplace de renda fixa — com produtos que chegam a pagar até 128% do CDI.

Quando foi lançado, em 2015, o então site PoupaBrasil Investimentos oferecia apenas Recibos de Depósitos Bancários (RDBs) de diferentes instituições, todos com a mesma taxa. O cliente escolhia só quanto queria investir e o prazo, e a plataforma indicava um RDB de parceiro, respeitando uma fila.

Agora, já como aplicativo, que foi lançado no ano passado, o PoupaBrasil virou um comparador. Você escolhe quanto quer investir e qual o prazo, e a plataforma, então, vai mostrar quais os produtos de renda fixa estão disponíveis das nove financeiras parceiras — cada um com uma taxa diferente. Você escolhe a melhor opção para seus objetivos e faz a compra.

É possível aplicar após fazer um cadastro simples no app. É através dele também que você vai poder acompanhar o rendimento de suas aplicações e fazer novos aportes ou resgates. Por enquanto, o PoupaBrasil oferece apenas RDB e Letra de Câmbio. A ideia é firmar parcerias com mais instituições, que podem ser financeiras ou bancos, para ampliar o catálogo de produtos de renda fixa, como LCIs, LCAs e CDBs.

“Queremos estimular que as pessoas busquem aplicações melhores do que a poupança, mas ainda sem correr riscos”, disse Cláudio Ferro, CEO do PoupaBrasil. “A aplicação mínima do app é de mil reais. Os produtos têm proteção do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), são uma opção bem conservadora para os pequenos investidores”.

A remuneração da PoupaBrasil vem através de uma comissão de vendas de produtos. Não há taxa extra para quem está investindo. Segundo a empresa, a carteira atual está em torno de 500 milhões de reais em aplicações, que foram feitas por mais de 30 mil clientes. O tíquete médio é de 18 mil reais, com prazo médio de 3 anos e meio.

“Ao longo do tempo, fizemos investimentos de cerca de 15 milhões de reais para desenvolver e aprimorar a nossa plataforma. Em julho, vamos começar a aceitar investimentos de pessoas jurídicas, que sempre foi uma demanda dos nossos clientes”, afirmou Ferro.

Cláudio Ferro, CEO do Poupa Brasil Cláudio Ferro, CEO do PoupaBrasil

Cláudio Ferro, CEO do PoupaBrasil (Poupa Brasil/Divulgação)

O que é

Hoje o principal produto do PoupaBrasil, o RDB é muito semelhante aos Certificados de Depósitos Bancários (CDBs), mas possui algumas restrições maiores em relação aos prazos e resgates dos valores investidos.

A rentabilidade de 128% da taxa DI — ou CDI —, por exemplo, é superior à da poupança, de títulos públicos comercializados pelo programa Tesouro Direto e dos CDBs de grandes bancos, que pagam, em média, entre 80% e 90% da taxa DI.

Quanto maior o prazo, maior é a rentabilidade do título. Os produtos oferecidos no app têm remuneração pós-fixada, o que significa que são corrigidos por um indicador, no caso a taxa DI.

Como o CDI tem comportamento semelhante à taxa básica de juros (Selic), que está atualmente em seu menor patamar histórico, de 6,25% ao ano, a aplicação pode não ser considerada atrativa no curto prazo, mesmo em relação à poupança, mas no longo prazo pode ser vantajosa.

Assim como os CDBs, ao aplicar em um RDB o investidor empresta dinheiro para a instituição financeira e em troca obtém uma remuneração, a ser paga em um prazo pré-determinado. Mas há algumas diferenças importantes entre os dois títulos.

Enquanto o CDB só é oferecido por bancos, o RDB também pode ser emitido por financeiras. Uma desvantagem do RDB com relação ao CDB é que o título não pode ser negociado no mercado secundário, isto é, não pode ser revendido pelo investidor, o que diminui a sua liquidez (característica que define a facilidade de converter o título em dinheiro).

Isso é bem importante porque apenas títulos com liquidez diária poderão ser sacados a qualquer momento. Geralmente os títulos com a melhores taxas de retorno têm liquidez menor. Além disso, você só poderá fazer resgates quando o saldo for maior do que mil reais.

Imposto e proteção

Aplicações em RDBs sofrem o desconto do Imposto de Renda, uma desvantagem em relação a Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e Letra de Crédito do Agronegócio (LCA), que são isentas de imposto.

A tributação é feita pela tabela regressiva do IR, segundo a qual aplicações com prazo de até 180 dias são tributadas à alíquota de 22,5%; de 181 dias a 360 dias o imposto cai para 20%; de 361 a 720 dias vai para 17,5%; e acima de 721 dias é aplicada a menor alíquota, de 15%.

Antes, o PoupaBrasil permitia que você aplicasse em RDBs apenas até o limite de 100 mil reais por instituição financeira associada à plataforma. O objetivo era garantir que o investimento estivesse coberto pelo FGC em caso de quebra da instituição financeira.

De acordo com as regras do FGC, o limite de cobertura por instituição financeira é de 250 mil reais. Mas esse valor deve incluir os juros acumulados na aplicação. Por exemplo, se você aplicar 150 mil reais em um prazo de seis anos, provavelmente os rendimentos da aplicação mais o valor principal aplicado vão ultrapassar o limite de 250 mil reais no final do investimento. Por isso havia uma limitação.

Agora, o app não limita mais o valor que pode ser investido, mas alerta o investidor caso ele faça um aporte que vai extrapolar a segurança gerada pelo FGC. A decisão de seguir em frente será sempre sua, ciente do risco.

É importante ressaltar que o app PoupaBrasil ainda oferece poucos produtos de investimento e de poucas instituições financeiras. Então, antes de investir, faça uma consulta em outros lugares para ver se não há opções que serão mais vantajosas a você. Existem atualmente outros sites comparadores que são mais completos, com uma gama maior de instituições e produtos, como o Yubb, por exemplo.