Aneel autoriza reajuste em tarifas de energia no RS e PR

A decisão aprovou o aumento para os consumidores atendidos pelo Departamento Municipal de Energia de Ijuí, pela Creral e pela Ceral-Dis

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou hoje (18) o reajuste tarifário de duas concessionárias de energia do Rio Grande do Sul e uma no interior do Paraná.

A medida atinge um total de 40 mil unidades consumidoras nos dois estados.

A decisão, tomada na reunião da diretoria da agência, realizada nesta terça-feira, aprovou o aumento de 8,25% para os consumidores residenciais e rurais em Ijuí (RS), na região noroeste do estado, atendidos pelo Departamento Municipal de Energia de Ijuí.

Já para as indústrias do município o reajuste será de 32,66%. Esta é a quarta revisão tarifaria para a região e vai atingir 32 mil unidades consumidoras. Os novos valores passam a ser cobrados a partir de 22 de julho.

Já os consumidores residenciais atendidos pela Cooperativa de Eletrificação Rural do Alto Uruguai (Creral), que atua em Erechim (RS) terão um reajuste de 10,95% nas contas de luz.

Para as indústrias, o reajuste será de 12,04%. A medida atinge um total de sete mil unidades consumidoras da cidade que é a segunda cidade mais populosa do norte do estado .

No Paraná, a Aneel aprovou o reajuste de 13,12% para as residências e 29,85% para as indústrias de Arapoti, localizada na região dos Campos Gerais, no nordeste paranaense, atendidas pela Cooperativa de Distribuição de Energia Elétrica de Arapoti Ltda. (Ceral-Dis).

O reajuste médio será de 19,99%. A empresa atende um total de mil unidades consumidoras. Os novos valores começarão a ser cobrados pelas duas permissionárias a partir de 30 de julho.