Aluguel de imóveis tem alta acima da inflação em maio

Índice calculado pelo FipeZap subiu pela sexta vez consecutiva

São Paulo –  O preço do aluguel de imóveis subiu pelo sexto mês consecutivo. Em maio, o valor médio de locação acumulou alta de 0,56%, enquanto a inflação subiu 0,13% no mesmo período, segundo o Índice FipeZap de Locação Residencial, que acompanha o preço de aluguel de imóveis em 25 cidades brasileiras.

Os preços registraram aumento real de 0,43% no quinto mês do ano. Essa conta não é obtida com uma simples subtração. Para realizar o cálculo, é preciso dividir a oscilação dos preços pela variação da inflação.

Isso significa que o mercado está mais desfavorável para quem aluga, que perde poder de negociar um desconto na hora de fechar contrato ou reajustar o aluguel.

Entre as 25 cidades monitoradas, Fortaleza apresentou a maior elevação de preço no mês (2,75%), enquanto Belo Horizonte foi a única cidade que registrou queda no preço médio de aluguel de imóveis (-0,21%)..

O valor médio do aluguel de imóveis nas cidades monitoradas foi de R$ 28,79/m². São Paulo manteve a liderança como a cidade com o maior valor médio de locação por metro quadrado (R$ 38,17/m²), seguida por Rio de Janeiro (R$ 30,67/m²) e Brasília (R$ 28,93/m²).

Já entre as cidades com menor valor de aluguel residencial, entre as monitoradas pelo Índice FipeZap, destacam-se Goiânia (R$ 16,43/m²), Fortaleza (R$ 16,49/m²) e Curitiba (R$ 18,88/m²).