1ª prestação da casa própria custa o dobro que aluguel em SP

Em média, demora 20 anos para a parcela do financiamento ficar mais barata que o aluguel. Veja simulação

São Paulo – Pagar aluguel é jogar dinheiro no lixo? É melhor trocar o aluguel pela prestação da casa própria? Cuidado com esse senso comum. A primeira prestação do imóvel financiado custa o dobro que o aluguel em São Paulo, em média, e a parcela só fica mais barata que a locação no 20º ano de um financiamento de 30 anos.

Os dados são de um levantamento do portal imobiliário Properati, que comparou o preço médio de aluguel com o valor médio da parcela do financiamento de um apartamento de 60 metros quadrados, em 15 bairros de São Paulo. Em alguns bairros, o valor da primeira prestação custa até quatro vezes o preço médio do aluguel.

A pesquisa considerou que o imóvel foi financiado pela tabela SAC, quando o valor das parcelas diminui ao longo do tempo e a amortização é constante.

O levantamento simulou um financiamento na Caixa, de um apartamento de 60 metros quadrados, para um homem de 35 anos, com 20% de entrada e prazo de 30 anos. O Custo Efetivo Total, que inclui a taxa de juros, o seguro e outras taxas administrativas, foi de 9,7% ao ano.

A seguir, veja uma simulação do custo do aluguel e do financiamento em 15 bairros de São Paulo:

Bairro Valor médio do imóvel Valor médio da 1ª prestação (com juros e taxas) Valor médio do aluguel Prazo médio em que a prestação fica mais barata que o aluguel
Bela Vista R$ 531.951 R$ 4.342,32 R$ 2.906 14 anos
Brasilândia R$ 288.030 R$ 2.351,19 R$ 1.205 20 anos
Centro R$ 463.361 R$ 3.782,42 R$ 2.241 17 anos
Cidade Dutra R$ 268.270 R$ 2.189,89 R$ 781 27 anos
Lapa R$ 552.407 R$ 4.509,30 R$ 2.170 22 anos
Limão R$ 347.098 R$ 2.833,36 R$ 1.413 21 anos
Perdizes R$ 572.224 R$ 4.671,07 R$ 2.309 21 anos
Pinheiros R$ 689.624 R$ 5.629,41 R$ 3.206 18 anos
Pirituba R$ 360.422 R$ 2.942,13 R$ 1.355 22 anos
República R$ 412.735 R$ 3.369,16 R$ 1.759 20 anos
Santo Amaro R$ 532.379 R$ 4.345,81 R$ 2.329 19 anos
Socorro R$ 363.423 R$ 2.966,62 R$ 1.619 19 anos
R$ 282.715 R$ 2.307,80 R$ 1.239 19 anos
Tatuapé R$ 429.349 R$ 3.504,78 R$ 1.711 21 anos
Vila Formosa R$ 383.417 R$ 3.129,84 R$ 1.368 23 anos

 

Quando comprar ou alugar imóvel

O levantamento mostra que até em São Paulo, a cidade com o aluguel mais caro do Brasil, alugar imóvel é bem mais barato do que financiar a casa própria.

“Financeiramente, não compensa mais comprar imóvel. A tendência é que os imóveis fiquem cada vez mais caros, com menos espaço na cidade para construir”, explica o responsável pela pesquisa, Wagner Dias, diretor do banco de dados do Índice Properati-Hiperdados.

Ou seja, ter a casa própria não é mais sinônimo de sucesso financeiro, como era na época dos seus pais ou avós. “Há um mito de que sair do aluguel é melhor, mas é preciso fazer a conta antes de tomar essa decisão”, orienta o especialista em crédito Marcelo Prata, fundador do site Canal do Crédito.

É claro que essa escolha de adquirir ou não a casa própria vai muito além da questão financeira. Ela envolve sonhos e depende do seu projeto de vida, mas é importante colocar todas as questões na balança.

“Não adianta ter um imóvel e não ter renda para se sustentar no futuro. Lembre que esse não é um investimento, é um passivo, pois você terá despesas com ele”, alerta Prata.

Se decidir financiar uma casa própria, procure dar a maior entrada possível e não se preocupe em quitar a dívida logo, já que, no Brasil, a taxa de juros é a mesma durante todo o período do parcelamento. O mais importante é que a  prestação caiba no seu orçamento.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Anderson Rodrigues

    @julialewgoy Primeiro antes de postar uma matéria como essa precisa apresentar alguns estudos que não constam. Não tem como analisar por preços praticados hoje, estamos vivendo um momento impar e em quase todas as negociações (lê-se todas), os valores anunciados podem chegar a 30% a menos na hora da compra, segundo como você mesmo disse, os imóveis tendem a ficar mais caro com o tempo, ou seja, haverá uma valorização do valor, não falo desses dois anos de crise, até porque não podemos comparar, mas no aluguel não tens essa valorização. Entre outros mil fatores que consigo lhe provar que, sim, imóvel é muito melhor comprar do que locar! Vale muito mais a pena e os ganhos a longo prazo nenhuma aplicação ou afins lhe dará!

  2. Pedro Ernesto Souza

    O Anderson tem razão. Estes blogs de economia devem receber grana das imobiliárias e das corretoras de investimento. A autora do texto simplifica muito, esquece de falar do FGTS. Quem tem uma renda familiar que recolhe FGTS, nem pode pensar em aluguel. Pois o rendimento do FGTS é o pior de todos investimentos, e você é obrigado a investir nisso. Se você não recebe FGTS ok, o texto tem alguma serventia. O Samy Dana do G1 também vai na mesma linha que o autor do texto da EXAME. Se o objetivo da autora é tentar ajudar o leitor na decisão entre aluguel e compra do imóvel, o texto está muito simplificado e pode até confundir.

  3. a matéria não trata do ponto de vista de investimento e sim do mito que pagar aluguel é jogar dinheiro no lixo, no caso ficou claro que não necessariamente, quando o que você consegue de juros com o dinheiro no banco + aluguel pago for superior a parcela do financiamento, na ponta do lápis não é vantajoso, só isso.

  4. Poxa, ainda bem que existem investiotários. De que outra forma eu conseguiria alugar pagando apenas 0,28% ao mês em relação ao valor de venda.
    Só com uma aplicação em renda fixa no mesmo valor de venda dá para pagar 3 aluguéis rsrsrs

  5. Leandro Cesar

    Lógico que comprar imovel nos precos atuais é um bom negocio. é bom pro corretor e pro vendedor, pro comprador é suicídio financeiro, se foe no hell de janeiro ai o suicídio pode ser real por bala perdida de ak47.

  6. sefazpiauidf sefazpiauidf

    Brick Lover tem que se flluuuder e pagar os juros dos “Sucking capitalists”. Paguem meu juros!

  7. sefazpiauidf sefazpiauidf

    Tá barato! Vou comprar um apartamento pra morar e para investir!
    Com o dinheiro do aluguel, vou pagar a prestação!
    É tanto bullshit que escutei nos últimos tempos que é até engraçado ver investiotário se estrepando com esses “investimentos”. Compra mais 666s!