15 corretoras indicam ações para julho

Analistas reduzem as recomendações para o varejo com a perspectiva de desaceleração no consumo e reforçam a aposta no setor elétrico

Diz o ditado popular que depois da tempestade vem a bonança. Mas enquanto o mau tempo não passa, os analistas recomendam aos investidores buscarem abrigo nas ações de energia. Com receitas pouco voláteis, baixa influência do mercado internacional sobre os negócios, perspectivas de forte crescimento na demanda e reajuste tarifário acima do esperado, os papéis do setor devem apresentar resultados acima do Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa), projetam os especialistas. “Acreditamos que o setor de energia é, sem dúvida, a melhor opção para o presente momento”, afirma o HSBC.

A inflação transformou o setor de varejo, um dos preferidos das corretoras nos primeiros meses do ano, em vilão da Bolsa. Prevendo uma desaceleração do crescimento do consumo no segundo semestre, os analistas já estão recomendando aos investidores reduzirem suas aplicações nesses papéis.

A Socopa, por exemplo, retirou as ações da B2W de sua carteira, ressaltando que a performance dos papéis “foi fortemente afetada pela política de alta de juros e inflação alta”. A Ativa cortou até as ações da Positivo Informática, reduzindo, assim, a exposição indireta ao varejo, já que 85% das vendas da empresa são feitas por esse canal.  

Na avaliação do Unibanco, “a alta no preço dos alimentos não apenas limita parte do lucro disponível ao reduzir os gastos, mas também requer uma política monetária mais rígida, o que também não é favorável para o consumo”. No primeiro semestre, o Banco Central elevou a taxa básica de juros (Selic) em um ponto percentual, passando de 11,25% para 12,25% ao ano. E os economistas já projetam a Selic a 14,25% no final de 2008. Os juros mais altos encarecem os custos de captação das companhias, reduzindo as margens de lucro e, consequentemente, o retorno aos acionistas. Nesse cenário, o Unibanco estima que as ações do Pão de Açúcar serão as menos afetadas, já que a população deve desembolsar mais na compra de alimentos nos próximos meses, o que compensaria a queda no volume das vendas.

O melhor caminho a seguir, de acordo com o HSBC, é priorizar os setores com menor exposição ao consumo interno e ao crédito. A instituição destaca que os últimos dados do Banco Central apontam uma redução no ritmo de crescimento de empréstimos no país, o que coloca o setor bancário também sob atenção. “Apesar de não ser tão expressivo, o aumento nos índices de inadimplência, em um momento de aperto da política monetária, poderá ser bastante negativo para o setor financeiro”, diz a instituição em relatório. E acrescenta: “não se pode descartar ainda o iminente risco de recessão nos Estados Unidos, com possibilidade de agravamento da crise no setor bancário, por conta do anúncio de novas perdas nos resultados do segundo trimestre de 2008”.

As variáveis no mercado acionário são tantas que os analistas não esperam uma melhora tão cedo. “Ainda que, no longo prazo, os fundamentos devam prevalecer, acreditamos que neste momento os investidores priorizem investimentos de curto prazo para assegurar ganhos em um período mais volátil”, ressalta o Unibanco.

Por isso, a estratégia mais adequada para se proteger nesse período de turbulência, segundo as corretoras, é ficar com os papéis defensivos. Das 15 instituições consultadas pelo Portal EXAME, 12 recomendam em suas carteiras ações do setor elétrico. As da Cemig são as preferidas, com quatro indicações. Veja abaixo.

Ágora
Empresa Ação Preço-alvo (R$) Preço atual (R$)* Potencial de alta (%)
Petrobras PETR4 66,00 46,21 42,83
Vale do Rio Doce VALE 3 89,96 57,40 56,72
CSN CSNA3 112,97 71,48 58,04
Confab CNFB4 9,32 6,89 35,27
B2W BTOW3 84,00 58,69 43,12
Ambev AMBV4 166,00 101,27 63,92
Gerdau GGBR4 56,57 38,40 47,32
Itaúsa ITSA4 15,27 10,17 50,15
SulAmérica SULA11 47,24 29,10 62,34
Cemig  CMIG4 54,22 38,88 39,53
Alterações  
Entra: Cemig
Sai: Suzano Papel e Celulose
 
Ativa
Empresa Ação Preço-alvo (R$) Preço atual (R$)* Potencial de alta (%)
Weg  WEGE3 Não informado 20,13
Lojas Americanas LAME4 Não informado 10,50
Cesp CESP6 Não informado 10,50
Cemig CMIG4 Não informado 38,88
Bradesco BBDC4 Não informado 32,99
Banco do Brasil BBAS3 Não informado 26,15
Bradespar BRAP4 Não informado 43,83
Vale do Rio Doce VALE5 Não informado 47,70
Petrobras PETR4 Não informado 46,21
Usiminas USIM5 Não informado 79,00
Datasul DSUL3 Não informado 22,90
Tegma TGMA3 Não informado 19,87
Alterações
Sai: Positivo
 
 
   
Alpes
Empresa Ação Preço-alvo (R$) Preço atual (R$)* Potencial de alta (%)
Petrobras PETR4 62,00 46,21 34,17
Bradespar BRAP4 60,75 43,83 38,60
Bradesco BBDC4 50,62 32,99 53,44
Itaúsa ITSA4 14,20 10,17 39,63
Usiminas USIM5 97,00 79,00 22,78
Alterações  
 Não houve
   
Corretora Geral
Empresa Ação Preço-alvo (R$)** Preço atual (R$)* Potencial de alta (%)
Petrobras PETR4 55,00 46,21 19,02
Vale do Rio Doce VALE 5 80,00 47,70 67,71
ALL ALLL11 28,00 20,63 35,72
Bradesco BBDC4 54,00 32,99 63,69
Gerdau Metalúrgica GOAU4 Em revisão 52,00
CPFL Energia CPFE3 48,00 36,30 32,23
Lojas Renner LREN3 47,00 31,88 47,43
Usiminas USIM5 Em revisão 79,00
Souza Cruz CRUZ3 61,00 45,70 33,48
Itaúsa ITSA4 15,70 10,17 54,38
Alterações
Entram: Bradesco, CPFL Energia, Gerdau Metalúrgica. Itaúsa, Lojas Renner, Souza Cruz, Usiminas
Saem: B2W, Tenda, Lupatech, UOL
 
 
   
   
Fator
Empresa Ação Preço-alvo (R$) Preço atual (R$)* Potencial de alta (%)
Petrobras PETR4 50,00 46,21 8,20
Vale do Rio Doce VALE5 Em revisão 47,70
B2W BTOW3 122,62 58,69 108,93
Eletrobras ELET6 40,00 26,05 53,55
Telesp TLPP4 73,16 44,85 63,12
Ambev AMBV4 192,91 101,27 90,49
Itaúsa ITSA4 Em revisão 10,17
ALL ALLL11 33,00 20,63 59,96
Weg WEGW3 29,60 20,13 47,04
Net NETC4 37,37 20,3 84,09
Ultrapar UGPA4 90,00 61,59 46,13
Telemar TNLP3 84,97 46,28 83,60
Banco do Brasil BBAS3 Em revisão 26,15
Alterações  
 Não houve
       
       
HSBC
Empresa Ação Preço-alvo (R$) Preço atual (R$)* Potencial de alta (%)
BR Malls BRML3 Não informado  15,50
CCR Rodovias CCRO3 Não informado  31,69
AES Tietê GETI4 Não informado  16,90
Petrobras PETR4 Não informado  46,21
Vale do Rio Doce VALE 5 Não informado  47,70
Energias do Brasil ENBR3 Não informado  31,90
CSN CSNA3 Não informado  71,48
Alterações
Entra: CCR Rodovias
Saem: Log-In, Indústrias Romi
 
   
     
Intra
Empresa Ação Preço-alvo (R$) Preço atual (R$)* Potencial de alta (%)
Souza Cruz CRUZ3 Não informado  45,70
Itaúsa ITSA4 Não informado  10,17
Petrobras PETR4 Não informado  46,21
Vale do Rio Doce VALE 5 Não informado  47,70
Sadia SDIA4 Não informado  11,36
Bradesco BBDC4 Não informado  32,99
CSN CSNA3 Não informado  71,48
Gerdau GGBR4 Não informado  38,40
Aracruz ARCZ6 Não informado  11,72
Transmissão Paulista TRPL4 Não informado  52,85
Unibanco UBBR11 Não informado  20,44
Usiminas USIM5 Não informado  79,00
Alterações
Entra: Transmissão Paulista
Sai: Ambev
 
     
Link
Empresa Ação Preço-alvo (R$) Preço atual (R$)* Potencial de alta (%)
B2W BTOW3 96,00 58,69 63,57
CCR Rodovias CCRO3 39,00 31,69 23,07
Cemig CMIG4 50,00 38,88 28,60
CPFL Energia CPFE3 46,00 36,30 26,72
CSN CSNA3 102,00 71,48 42,70
Itaúsa ITSA4 16,50 10,17 62,24
Log-In LOGN3 18,00 12,00 50,00
M Dias Branco MDIA3 30,00 23,00 30,43
Lopes LPSB3 43,00 32,50 32,31
Aracruz ARCZ6 17,00 11,72 45,05
Totvs TOTS3 78,00 52,39 48,88
Alterações
Entram: Aracruz, Lopes e Vale do Rio Doce
Saem: Suzano Papel e Celulose e São Carlos
 
     
 
Planner
Empresa Ação Preço-alvo (R$) Preço atual (R$)* Potencial de alta (%)
Bradesco BBDC4 55,00 32,99 66,72
Vale do Rio Doce VALE 5 75,00 47,70 57,23
CSN CSNA3 Em revisão 71,48
Usiminas USIM5 Em revisão 79,00
Petrobras PETR4 Em revisão 46,21
Banco do Brasil BBAS3 39,00 26,15 49,14
Redecard RDCD3 45,50 30,99 46,82
Transmissão Paulista TRPL4 54,00 52,85 2,18
Bovespa Holding BOVH3 35,00 19,90 75,88
Alterações
Entra: Transmissão Paulista
Sai: CPFL Energia
       
 
 
Prosper
Empresa Ação Preço-alvo (R$)** Preço atual (R$)* Potencial de alta (%)
Itaú ITAU4 52,00 32,60 59,51
Petrobras PETR4 61,00 46,21 32,01
Gerdau GGBR3 36,50 31,21 16,95
Confab CNFB4 8,60 6,89 24,82
Cesp CESP6 42,00 10,50 300,00
Alterações Não houve
 
 
     
SLW  
Empresa Ação Preço-alvo (R$) Preço atual (R$)* Potencial de alta (%)
Eletrobras ELET3 47,52 26,05 82,42
Gerdau GGBR4 Em revisão 38,40
Petrobras PETR4 55,00 46,21 19,02
CSN CSNA3 82,00 71,48 14,72
Vale do Rio Doce VALE 5 80,00 47,70 67,71
Duratex DURA4 Em revisão 34,00
Bradesco BBDC4 54,00 32,99 63,69
CPFL Energia CPFE3 43,00 36,30 18,46
B2W BTOW3 83,00 58,69 41,42
Cemig CMIG4 48,00 38,88 23,46
Localiza RENT3 24,50 17,70 38,42
Weg WEGE3 27,00 20,13 34,13
Marfrig MRFG3 Em revisão 20,75
Marcopolo POMO4 20,00 6,29 217,97
Coelce COCE5 Em revisão 20,20
Alterações
Entram:  Cemig, Weg, Marcopolo, Coelce
Saem: Unibanco, Aracruz, ALL, Indústrias Romi, Rossi Residencial, BR Malls
   
   
 
Socopa
Empresa Ação Preço-alvo (R$) Preço atual (R$)* Potencial de alta (%)
OHL OHLB3 30,78 26,70 15,28
Petrobras PETR4 Em revisão 46,21
         
Randon RAPT4 23,60 15,87 48,71
Gerdau GGBR4 46,75 38,40 21,74
Perdigão PRGA3 59,60 43,21 37,93
Iochpe-Maxion MYPK3 Em revisão 30,50
Bradesco BBDC4 52,17 32,99 58,14
Cemig CMIG4 Em revisão 38,88
Cesp CESP6 Em revisão 10,50
Alterações
Entram: Cemig, OHL
Saem: B2W, Unibanco, Vale do Rio Doce
 
   
 
Souza Barros
Empresa Ação Preço-alvo (R$) Preço atual (R$)* Potencial de alta (%)
MMX MMXM3 61,00 49,50 23,23
Randon RAPT4 23,50 15,87 48,08
Cremer CREM3 21,20 15,00 41,33
Drogasil DROG3 20,40 14,90 36,91
GVT GVTT3 48,50 39,00 24,36
Petrobras PETR4 60,00 46,21 29,84
Vale do Rio Doce VALE 5 70,70 47,70 48,22
CCR Rodovias CCRO3 39,70 31,69 25,28
Gerdau GGBR4 47,00 38,40 22,40
Bradesco BBDC4 54,00 32,99 63,69
Alterações
Entram: Petrobras, Vale do Rio Doce, CCR Rodovias, Gerdau, Bradesco
 
   
   
Spinelli
Empresa Ação Preço-alvo (R$) Preço atual (R$)* Potencial de alta (%)
Bradesco BBDC4 50,00 32,99 51,56
Banco do Brasil  BBAS3 40,00 26,15 52,96
Itaú ITAU3 47,20 32,60 44,79
Eletrobrás ELET3 40,00 26,05 53,55
Weg WEGE3 30,00 20,13 49,03
Aracruz ARCZ6 16,50 11,72 40,78
Petrobras PETR4 70,00 46,21 51,48
Vale do Rio Doce VALE5 75,00 47,70 57,23
CSN CSNA3 100,00 71,48 39,90
Gerdau Metalúrgica GOAU4 65,00 52,00 25,00
Alterações  
 Não houve
 
 
Unibanco
Empresa Ação Preço-alvo (R$) Preço atual (R$)* Potencial de alta (%)
Bradesco BBDC4 48,39 32,99 46,68
Banco do Brasil BBAS3 40,00 26,15 52,96
Pão de Açúcar PCAR4 47,80 34,11 40,13
Lojas Americanas LAME4 19,30 10,50 83,81
Dasa DASA3 59,80 41,30 44,79
Ultrapar UGPA4 92,00 61,59 49,37
Petrobras PETR4 52,50 46,21 13,61
Usiminas USIM3 111,00 75,70 46,63
Copel CPLE6 42,10 32,60 29,14
VCP VCPA4 68,00 43,11 57,74
GVT GVTT3 48,15 39,00 23,46
Localiza RENT3 26,00 17,70 46,89
Duratex DURA4 59,00 34,00 73,53
AES Tietê GETI4 24,45 16,90 44,67
Alterações
Entram: Pão de Açúcar, Dasa, GVT, AES Tietê, Localiza, Duratex
Saem: Odontoprev, Eternit, Tempo, Weg, Vivo, Tractebel, Vale do Rio Doce
     
 
* Cotação de fechamento de 30 de junho
** Preço-alvo para 12 meses
Fontes: corretoras e Bovespa
   

*Ultima atualizaçao: 14/07/08 às 15h50