Cartas & E-mails — Melhores e Maiores

Confira as cartas e os e-mails que chegaram à redação de EXAME sobre Melhores & Maiores e outras edições da revista

UMA REFERÊNCIA PARA O BRASIL

Parabéns a EXAME pelo excelente trabalho com a edição MELHORES E MAIORES, agosto de 2018). Sem dúvida, a edição especial virou uma bíblia que traz as empresas mais valorizadas e admiradas do país, em todos os quesitos. É um claro chamariz para os profissionais que sonham em trabalhar em uma dessas empresas algum dia. Além disso, a edição é um trabalho muito bem feito de pesquisa profunda, que só ajuda a todos os que torcem pela recuperação da economia e das empresas instaladas no país, independentemente da origem. Mais uma vez, parabéns a toda a equipe.


PRIMEIRO LUGAR

Em relação à reportagem Uma “Netflix para os remédios” (MELHORES E -MAIORES, agosto de 2018), a Pfizer esclarece que a companhia não fez qualquer negociação com a nova empresa mencionada pela reportagem. A Pfizer reforça que está sempre disponível para ser consultada sobre qualquer informação que envolva a companhia e se coloca à disposição para esclarecimentos em futuras reportagens.

Vagner Pin, Diretor comercial da Pfizer


PESQUISA

Como mostra a reportagem de EXAME, as expectativas em relação à economia não são animadoras (Luz no fim do túnel, MELHORES E MAIORES, agosto de 2018). É preciso que no pleito que se aproxima tenhamos a sabedoria de escolher os melhores candidatos aos cargos eletivos, para que possamos sair desta crise.

José de Anchieta Nobre de Almeida, Rio de Janeiro, RJ


REVISTA EM ÁUDIO

Parabéns a EXAME pela excelente iniciativa de publicar as reportagens em áudio em seu aplicativo. Como assinante de longa data, sentia a falta de ter uma opção como essa. Passei a ouvir a revista no carro como se fosse uma rádio de notícias, a qual apelidei de Rádio EXAME. Agora as horas de trânsito são mais produtivas. Já ouvi a edição 1 167 antes mesmo de terminar de ler a edição anterior em papel.

Fausto Miniuchi, Caieiras, SP


ESPECIAL INFRAESTRUTURA

Parabéns a EXAME pela edição especial O sonho do país moderno (8 de agosto). O Brasil necessita de um projeto real, moderno e permanente, de 5 a 50 anos, para se desenvolver e se igualar aos países do Primeiro Mundo.

Divino Welson Alves Barbosa, Goiatuba, GO

O grave problema do transporte no Brasil só vai mudar se houver altos investimentos (Uma cidade mais interligada, 8 de agosto). Os projetos que estão sendo discutidos não podem ficar apenas no papel. A construção de um sistema ferroviário urbano eliminaria os congestionamentos.

Uriel Vilas Boas, Santos, SP


SÓ NO BRASIL

É um absurdo que uma lei aprovada em 2005 e em vigor desde 2007 só tenha gerado o benefício a um único contrato (A maldade que impede a Lei do Bem de pegar no país, 25 de julho). Gastou-se tempo e dinheiro para aprovar uma lei que, no final das contas, não teve o alcance desejado por motivos burocráticos.

Leandro R. R. Mourthe, Palmas, TO