Perfil específico de comprador de imóvel ressurgiu no Paraná: investidores

Eles estão voltando porque, com os juros baixos, o dinheiro está rendendo menos no banco.

Depois de um ano tentando se desfazer de apartamentos encalhados, as incorporadoras de Curitiba voltaram a construir. Pela primeira vez em seis anos, o número de lançamentos cresceu em 2017, segundo dados da consultoria Brain. Isso foi possível porque o estoque de imóveis não vendidos — que passou de 14.000 na fase de euforia do mercado — diminuiu para 8.600. Além disso, um perfil específico de comprador reapareceu: os investidores. Eles estão  voltando porque, com os juros baixos, o dinheiro está rendendo menos no banco. Os lançamentos se concentram em apartamentos de até 300 000 reais, em bairros como Pinheirinho e Cidade Industrial, ou em imóveis acima de 2 milhões de reais, em bairros tradicionais, como o Batel.


MAPA DE IMÓVEIS USADOS

Bairros por faixa de preço médio do metro quadrado, em reais

Toque para ampliar
Toque para ampliar

MAPA DE IMÓVEIS NOVOS

Bairros por faixa de preço médio do metro quadrado, em reais

Toque para ampliar
Toque para ampliar

Toque para ampliar

Toque para ampliar

Toque para ampliar

Toque para ampliar

Toque para ampliar

Toque para ampliar

Toque para ampliar

Toque para ampliar
Toque para ampliar

MAPA DE IMÓVEIS USADOS

Bairros por faixa de preço médio do metro quadrado, em reais

Toque para ampliar
Toque para ampliar

Toque para ampliar

Toque para ampliar

Toque para ampliar

Toque para ampliar

MAPA DE IMÓVEIS USADOS

Bairros por faixa de preço médio do metro quadrado, em reais

Toque para ampliar
Toque para ampliar

Este conteúdo é exclusivo para assinantes do site. Assine agora e tenha acesso ilimitado.

Conheça os planos de assinaturaOU

Já é assinante? Faça o login