Cartas & E-mails — Expectativa de volta por cima

Confira cartas e e-mails que chegaram à redação de EXAME sobre a edição 1175 da revista, que trouxe o guia Onde Investir 2019 como destaque

CAPA

A última edição de EXAME, Onde Investir 2019, está espetacular. Em uma das reportagens de capa (As promessas e seu dinheiro, 12 de dezembro), a revista mostra que temos um cenário bem positivo adiante, no qual acredito. Se a nova equipe econômica do presidente eleito emplacar todas as reformas necessárias, com certeza teremos uma retomada de crescimento econômico nos próximos anos. Por consequência, também acredito que diversos países passarão a enxergar o Brasil mais uma vez como um bom destino para seus investimentos.

Adriano Meirinho
Cofundador da Celcoin


A revista sempre traz assuntos importantes de economia e negócios. A última edição, especificamente, trouxe um panorama bem completo sobre as perspectivas do mercado para 2019 (As promessas e seu dinheiro, 12 de dezembro). Enxergamos esse cenário com otimismo e esperamos um aquecimento do setor.

Petras Veiga
Presidente da Ingresso Rápido


Achei incrível a última edição de EXAME.  Mostra muito bem não apenas como sobreviver diante do cenário econômico, mas também como usar os ganhos e também as oportunidades do mercado a seu favor. A reportagem de capa me chamou muito a atenção. Leitura recomendada.

Guillermo Bracciaforte
Cofundador da Workana


BRASIL

Pernambuco é um dos estados que ficam abaixo da média nacional entre os listados na reportagem Apesar de tudo, todos avançaram (12 de dezembro). Tem uma das piores notas em desenvolvimento econômico, uma qualidade de vida menor do que estados mais pobres e ainda vai terminar o ano com déficit. Como fica essa história de ser o Leão do Norte? Aparentemente, só na propaganda mesmo. Na prática, o estado é só um “gatinho”.

Matheus Sobral
Via Facebook


MARKETING

É possível acompanhar a mudança de comportamento do consumidor de diferentes formas. A partir da inovação, nascem novos modelos de negócios e formatos de consumo. É isto que podemos verificar na reportagem Mais saúde em cada gole (12 de dezembro): como as grandes e tradicionais corporações têm de se adaptar às novas gerações.

Carlos Tristan
Diretor executivo de marketing da Squid


PRIMEIRO LUGAR

Complementando a nota sobre o setor de imóveis (A recuperação vai demorar, 12 de dezembro), o principal obstáculo para que as construtoras e incorporadoras deem- a volta por cima é a escassez de crédito. As construtoras estão prontas para retomar os projetos e os consumidores estão mais confiantes na economia. Falta o crédito, que deve ser o principal ponto a ser trabalhado pelo próximo governo.

Ricardo Jacomassi
Sócio da TCP Latam


VISÃO GLOBAL

O acordo entre Estados Unidos e China para suspender o aumento de tarifas é só uma trégua (Um alívio temporário, 12 de dezembro). O presidente eleito Jair Bolsonaro e sua equipe precisam ter cuidado em relação ao atual excêntrico ocupante da Casa Branca e ao governo da China. Difícil saber quem é pior.

Carlos Rodrigues
Via Facebook


ESPECIAL ECONOMIA

Achei fantástica a reportagem Novo ânimo na economia (14 de novembro). A reportagem retrata que, mesmo que muita capacidade instalada ainda esteja ociosa, dezenas de companhias estão animadas a ponto de anunciar novos investimentos. Uma luz começa a brilhar no fim do túnel! Outro ponto mostrado na mesma edição, e que nos serve de inspiração, é a guinada econômica da Irlanda, onde a austeridade aplicada pelo governo conduziu o país a uma nova era de investimentos. É um exemplo a ser seguido.

João Pacheco de Souza Filho
Jaú, SP


Comentários sobre o conteúdo editorial de EXAME, sugestões e críticas a reportagens: