Cultura | A vez dos clássicos, de Elton John a J.J. Cale e J.R.R. Tolkien

Dois filmes biográficos, o retorno de um seriado de sucesso e um guitarrista ídolo de ídolos em nossas dicas da edição

FILME

Bohemian Rhapsody 2?

Rocketman, a cinebiografia do astro inglês Elton John, chega na sequência do sucesso de Bohemian Rhapsody, sobre o vocalista Freddie Mercury, do Queen. Há pontos de contato: personagens centrais que foram astros pop-rock dos anos 70, uniram talento musical raro e visual espalhafatoso, ficaram no armário por muitos anos e, por fim, Dexter Fletcher — diretor do novo filme e produtor executivo do anterior. Como no longa de Mercury, recriações de performances devem encantar e engolir incoerências de roteiro. Se isso levará Taron “Elton” Egerton a um Oscar, como aconteceu com Rami “Freddie” Malek, só saberemos no ano que vem.

RocketmanDireção de Dexter Fletcher | Com Taron Egerton | Estreia prevista para 30/5


FILME

O homem dos anéis

De escritor apreciado por hippies dos anos 60 e bandas dos anos 70, o inglês J.R.R. Tolkien (1892-1973) foi promovido a fenômeno blockbuster no século 21 com a adaptação para o cinema de suas obras de literatura fantástica. A franquia com as trilogias O Senhor dos Anéis e O Hobbit dominou a primeira década do milênio, posteriormente engolida pelo boom Marvel e pela retomada de Star Wars — porém, ostenta um Oscar de Melhor Filme (por O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei, de 2003) que os outros não alcançaram. Por tudo isso, o longa Tolkien, que se concentra nos anos de formação do autor, deve interessar a quem aprecia a saga.

TolkienDireção de Dome Karukoski | Com Nicholas Hoult e Lily Collins | Estreia prevista para 23/5


SÉRIE

Distopia tecnológica

As duas primeiras temporadas do seriado Black Mirror, produzidas pelo britânico Channel 4, tiveram apenas três episódios cada uma. Ao ser absorvida pela Netflix e se confirmar como fenômeno do streaming de vídeo, a distopia tecnológica teve duas temporadas de seis episódios e até virou bordão — “isso é muito Black Mirror” tornou-se definição para pesadelos cotidianos com redes sociais, aplicativos e similares. Depois de um trabalhoso longa interativo lançado no fim de 2018, a quinta temporada “volta às raízes” e chega com apenas três capítulos. Resta saber se a fórmula ainda será capaz de criar a mesma repercussão.

Black Mirror5a temporada | 3 episódios | Netflix | Disponível para streaming em 5/6


MÚSICA

Mestre de um mestre

O guitarrista americano J.J. Cale (1938-2013) estava mais para ermitão do que para celebridade. Contrariando seu temperamento, ficou muito conhecido graças à adoração que o inglês Eric Clapton começou a manifestar nos anos 70 ao regravar algumas de suas canções e replicar sua guitarra limpa e cheia de sentimento. Outros artistas, como Neil Young, Mark Knopfler e Jeff Beck, admitiram a influência. Impossível definir como rock, country ou blues — o estilo de Cale era bastante pessoal, com uma tranquilidade madura. Seis anos após sua morte, a viúva e empresária reuniu o despretensioso álbum póstumo Stay Around.

Stay AroundJ.J. Cale | Because Music/Universal | Disponível em streaming

Fotos: divulgação