6 produtos para embarcar na onda do “faça você mesmo”

Além de ser uma forma de economizar, é um momento para exibir talentos na cozinha ou outras habilidades manuais, como decoração e marcenaria.

A consultoria JWT Intelligente, braço de pesquisa da agência de publicidade americana J. Walter Thompson, aponta em seu relatório de tendências para 2018 que, “quando se trata de comida, bebida e cuidados pessoais, os consumidores estão priorizando itens que são naturais”. No lugar de processados e alimentos geneticamente modificados, entram os produtos orgânicos e, como não poderia deixar de ser, a necessidade de aprender a prepará-los.

A volta aos trabalhos manuais está intimamente ligada com a ascensão da geração Y, os nascidos do início da década de 80 a meados dos anos 90. Eles querem fazer as tarefas domésticas como seus avós faziam, mas com a diferença de que utilizam ferramentas melhores — e mais digitais —, como máquinas de pão que gravam as receitas do consumidor ou um kit básico de programação que permite criar um relógio.

No caso brasileiro, a crise econômica recente impulsionou ainda mais esse movimento. Segundo uma pesquisa feita pela consultoria GfK, 37% dos entrevistados de 20 a 29 anos realizam a happy hour semanal dentro de casa, proporção superior à de outras faixas etárias. Além de ser uma forma de economizar, é um momento para exibir talentos na cozinha ou outras habilidades manuais, como decoração e marcenaria. No limite, exibir novos produtos também vale. “Até por causa dessa onda gourmet, o segmento de eletroportáteis sofreu menos durante a crise”, afirma Minoru Wakabayashi, diretor-geral da GfK no Brasil.

As bebidas também entraram nessa. A empresa de busca Google apontou um crescimento do interesse por processos de fabricação de destilados, cervejas e cafés. Graças a essa demanda, agora é possível, até mesmo, adquirir os ingredientes para fazer gim em casa. 


Divulgação

ASAS PARA A DIVERSÃO

Ao contrário dos concorrentes, o drone Robocat Carbon 270 é vendido completamente desmontado, incluindo parte do circuito e dos quatro motores. Em caso de queda, as peças podem ser compradas separadamente — o que estimula a personalização do produto.

Preço: a partir de 587 reais


Divulgação

CANTINA PARTICULAR

A máquina de macarrão Philips Walita sova e modela diversos tipos de macarrão, como penne, fettuccine e espaguete. O sistema inteligente do aparelho indica quando a massa está pronta para ser modelada. Também

é possível adicionar ingredientes especiais, como ervas ou verduras.

Preço: a partir de 999 reais


Divulgação

LABORATÓRIO DIGITAL

O Arduino é uma plataforma ideal para quem quer começar no universo da programação. O kit básico vem com os acessórios e as instruções necessárias para fazer um relógio ou um teclado musical.

Preço: a partir de 88 dólares (1)


Divulgação

MARCENARIA PORTÁTIL

A mala MAKSIPower8 contém todas as ferramentas para projetos de marcenaria em casa. Além de furadeira e parafusadeira, há dois tipos de serra de corte. Para economizar espaço, a caixa se transforma em bancada de trabalho.

Preço: a partir de 1 699 reais


Divulgação

PADARIA RÁPIDA

Com capacidade para fazer pães de até 1,25 quilo, a panificadora Express, da Tramontina, permite personalização de receitas, além de ter um compartimento para que castanhas e frutas secas sejam adicionadas à massa. 

Preço: a partir de 1 399 reais


Divulgação

MESTRE DAS BEBIDAS

Ter um bar em casa ganha novo sentido com este kit para a produção de gim. Além de vidros, peneira e funil, a caixa vem com um blend de ervas e sementes de zimbro. A vodca fica por conta do cliente.

Preço: a partir de 50 dólares (1)


(1) À venda em lojas online no exterior, com entrega no Brasil