Uma máquina de café pode aumentar a produtividade da empresa

Aliada da criatividade, a pausa para o café faz parte do dia a dia do trabalho. Atenta a isso, Nespresso cria a linha Professional

A pausa para um cafezinho pode ser um dos momentos mais frutíferos de uma empresa. Seja para revigorar e energizar um funcionário, seja para uma rápida conversa com um colega ou até para fechar um bom negócio. Atualmente, o café está no centro da produtividade das companhias.

“Tudo hoje se baseia em um cafezinho: se você vai conversar um minuto com os colegas e relaxar ou se quer um momento seu, de reflexão e espairecimento”, afirma Larisa Grosseli, coach de negócios e empreendedorismo.

A pausa pode ser muito importante para a criatividade de quem trabalha. Uma pesquisa divulgada pela consultoria sul-africana Inspiration Office revelou que ter um bom café está entre as prioridades dos funcionários. Realizado em setembro de 2016 com 12 000 funcionários de empresas, o estudo na África do Sul descobriu que 95% dos trabalhadores de escritório consideram café ou chá uma prioridade no ambiente corporativo.

É de olho nesse público que a Nespresso criou a linha Professional, com máquinas exclusivas para empresas. São quatro modelos desenvolvidos para suportar mais extrações de café, com tanques de água maiores do que os da linha doméstica, ideais para consumidores de alto volume.

Mais eficiente e rápido, o modelo Zenius, com um tanque de 2 litros, é voltado para pequenos escritórios. Já a Gemini, de design moderno, tem duas bocas para servir cafés simultaneamente e ainda traz possibilidade de receitas à base de leite. “Muitas vezes, depois de passarem horas à frente de um computador, as pessoas ficam com um bloqueio”, afirma Larissa. “Todo mundo precisa de um momento de distração, que acarreta em mais produtividade.”

Voltada ao alto volume de empresas maiores, a Aguila tem duas ou quatro cabeças de extração simultânea, para se ambientar ao tamanho da companhia, e também possibilita receitas com leite. Por fim, a Tower é um imponente dispenser de cápsulas de café com solução de pagamento integrada.

“Um café legal, com uma boa máquina na empresa, passa uma mensagem de valorização para os funcionários, é motivacional”, argumenta Larissa. “O colaborador se sente reconhecido, valorizado ao ter um bom café. ”

Quanto melhor o café, maior a satisfação. A Nespresso oferece 13 tipos diferentes de bebidas para a linha Professional. Para quem prefere os mais fortes, há três tipos de Ristretto, e os mais suaves, um dos tipos de Espresso ou Lungo. Além dos descafeinados e os aromatizados, nas opções de baunilha ou caramelo.

A pausa para o café pode ser muito importante para a criatividade de quem trabalha

A pausa para o café pode ser muito importante para a criatividade de quem trabalha (SelectStock/getty Images/Estúdio ABC)

Bom para fechar negócios

Um bom café não é importante só para os funcionários. Servir uma bebida de qualidade também pode ser um ponto essencial na hora de fechar um negócio.

De acordo com uma pesquisa divulgada pela marca, oito em cada dez clientes creem que uma empresa que serve Nespresso está atenta à qualidade. Além disso, 90% acreditam que oferecer a marca cria uma imagem positiva da companhia. É tudo questão de credibilidade, sinônimo de uma das marcas mais conhecidas do planeta.

“O café traz uma energia muito boa não só pelo estimulante físico da cafeína, ele pauta boas ideias”, afirma Larissa. Por que não oferecer esse estímulo aos colaboradores e clientes? “No dia a dia corporativo, o cafezinho é indispensável.”

 (Marcelo Andreguetti/Estúdio ABC)