Empresa supera meta e leva todos os funcionários para a Disney

Após ter crescido 340% em 2017, a Octadesk deu um benefício extra para a equipe: uma viagem de uma semana à Flórida, nos Estados Unidos

São Paulo – As startups são conhecidas por oferecerem a seus funcionários mimos dificilmente encontrados em empresas tradicionais – de campeonatos de videogame à permissão para levar o pet para o trabalho. Porém, o negócio de solução de atendimento ao cliente Octadesk se superou: resolveu levar toda a equipe para parques da Disney nos Estados Unidos, com tudo pago.

Na semana do Carnaval, os 23 membros da empresa irão ficar uma semana em Orlando (Flórida), visitando os parques da gigante do entretenimento, além de dois estúdios do grupo Universal.

A viagem, porém, não veio por nada: ela é um benefício extra que a Octadesk dará à equipe por ter superado a meta de faturamento da startup. O negócio pretendia crescer 300% em 2017, mas cresceu 340%.

A ideia da viagem surgiu em outubro de 2016, na reunião de planejamento para o ano seguinte. “Vimos como nosso produto já estava ajustado e era hora de buscar três vezes o nosso crescimento em relação ao ano anterior. Analisando os números, porém, vimos como isso seria difícil”, conta Rodrigo Ricco, CEO da Octadesk.

O negócio já dá bônus aos funcionários quando o objetivo é cumprido, mas a equipe de planejamento decidiu dar mais um prêmio coletivo caso o negócio faturasse 330% a mais em 2017  – ou seja, se superasse a meta estabelecida.

Esse prêmio seria a viagem com tudo pago para Orlando. “Como lidamos com experiência do cliente, pensamos em dar uma experiência a nossos colaboradores. Pensamos em uma viagem com todo o time e queríamos levar pessoas a lugares que muitas nunca haviam ido.”

Em janeiro de 2017, o “Plano Disney” da Octadesk foi anunciado para toda a empresa. “Primeiro as pessoas não achavam que era verdade. Mas, assim que confirmaram, já se mobilizaram para alcançar o objetivo. Ninguém mais olhou a questão do bônus salarial, e sim para a viagem – os 330% viraram a nossa nova meta”, conta Ricco.

Além do objetivo, a Octadesk também listou as tarefas que precisariam ser feitas para bater esse número agressivo. “Claro que muita coisa não dá certo e você deve mudar no meio do caminho, mas elencar algumas metas nos ajudou a unir as pessoas no mesmo caminho.”

Entre as ações tomadas durante o ano de 2017 estiveram a reorganização das equipes e os lançamentos e revisões de produtos focados no mercado de pequenas e médias empresas.

A cada fechamento de mês, a startup divulgava os resultados e fazia uma rodada de discussão de acertos de erros.

“Todo mundo via se estávamos mais próximos ou distantes da meta, enquanto cada área pensava em como melhorar os números por meio de suas funções. Antes tínhamos mais atritos entre áreas mais técnicas e outras mais humanas, mas vi como isso acabou. Todo mundo estava no mesmo barco”, diz Ricco.

No acumulado do ano, a Octadesk cresceu 340% em faturamento. O negócio não abre números absolutos de ganhos, mas afirma ter cerca de 400 clientes, sendo que 70% deles são pagantes. Os pacotes partem de 249 reais mensais e ficam em uma média de 600 a 700 reais por mês.

Os 21 funcionários e os dois sócios operacionais da Octadesk partirão de São Paulo no dia 10 de fevereiro para Orlando, na Flórida, e ficarão até o  dia 17. Além de todos os gastos com passagem, hospedagem e ingressos, o negócio deu 200 dólares adicionais a cada funcionário.

Ricco diz que o custo com a viagem valeu a pena. “Eu vejo muito as empresas – e isso aconteceu comigo quando eu era funcionário – não fazerem investimentos para que os funcionários tenham engajamento adicional. Foi a primeira vez que eu fiz isso e vi que a meta original da empresa virou algo secundário; todo mundo buscou superar o objetivo. Foi uma festa na empresa quando a gente bateu o número.”

Nas próximas semanas, a empresa vai contratar mais cinco funcionários e, até o fim de 2018, deve chegar a uma equipe de 50 pessoas.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Anderson Silva

    A empresa que eu empreendo em 2016 me pagou um Cruzeiro , em 2017 Cruzeiro, Viagem para Resort Iberostar na Bahia e uma viagem para Cancún, com tudo pago mais acompanhante e fomos em 1100 pessoas, no Cruzeiro 4000. Se quiser saber como me peça um vídeo no whatsapp 11980718797