Startup que analisa despesas de funcionários recebe aporte de R$ 2 milhões

VExpenses controla gastos de 20 mil empregados de 500 empresas, poupando 88% do tempo antes usado para registrar, checar e reembolsar despesas corporativas

Quando empresas crescem, novos problemas surgem — como conferir os gastos de seus funcionários em encontros ou viagens corporativas. Apenas nos Estados Unidos, companhias perdem 1,9 bilhão de dólares com fraudes nessas despesas. Por aqui, o aplicativo VExpenses recebeu dois milhões de reais para devolver o tempo e dinheiro gastos pelas empresas de médio e grande porte em checagem, registro e reembolso das despesas corporativas.

O investimento, realizado pela companhia de assessoria financeira FG/A Investimentos, servirá para triplicar a base ativa de clientes da VExpenses. A startup atende 500 companhias e possui atualmente 20 mil funcionários ativos em seu app. Nos últimos 12 meses, teve receita superior a um milhão de reais.

Despesas pelo celular

Criada em 2016, a VExpenses surgiu da experiência dos consultores financeiros Bruno Pain e Thiago Campaz com viagens corporativas. Os funcionários perdiam um dia de trabalho para fazer um relatório de despesas no mês, deixando de ser produtivos, enquanto a empresa enfrenta dificuldades para checar os gastos de todos os funcionários.

“Tínhamos um monte de notas a serem reembolsadas a cada fechamento de mês. Ficamos nos perguntando por que não poderíamos mandar na hora para o administrativo, usando nosso celular como um scanner”, conta Campaz.

Os dois consultores se uniram a Káliman Borges e Leandro Gonçalves, que tinham uma casa de desenvolvimento, para criar a solução. Com a resposta ao protótipo do que seria a VExpenses, os quatro largaram suas ocupações para se dedicar ao aplicativo.

Thiago Campaz, da VExpenses Thiago Campaz, da VExpenses

Thiago Campaz, da VExpenses (VExpenses/Divulgação)

O VExpenses automatiza a prestação de contas dos funcionários das empresas atendidas. Com o smartphone, funcionários tiram fotos de recibos dos gastos com alimentação, estacionamento, hospedagem, quilômetros percorridos por automóvel e passagens. O aplicativo se encarrega de identificar informações como estabelecimento e valor e cruza os dados com os parâmetros definidos pela empresa, como limite de gastos por categoria, coibindo fraudes.

Se aprovados, os recibos são lançados automaticamente no sistema financeiro da companhia. Ela pode analisar as transações e verificar os gastos médios por categoria e por áreas, definindo novos parâmetros de despesas corporativas. Segundo Campaz, o VExpenses poupa 88% do tempo que seria gasto no registro, checagem e reembolso desses gastos.

Telas do aplicativo da VExpenses Telas do aplicativo da VExpenses

Telas do aplicativo da VExpenses (VExpenses/Divulgação)

A startup atua em seis países: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia e México. Apenas em solo brasileiro, está em 18 estados. São 500 empresas atendidas, geralmente de porte médio e grande, com 20 mil funcionários ativos. A VExpenses cobra uma taxa fixa mensal de 14 reais por cada usuário que realmente usou o aplicativo no mês.

Investimento e expansão

O investimento semente de dois milhões de reais é o primeiro aporte externo da VExpenses. Os recursos serão usados para marketing, das estratégias digitais à participação em eventos corporativos.

Nos últimos 12 meses, a VExpenses teve uma receita anual superior a um milhão de reais. Para 2019, a startup espera triplicar sua base ativa de clientes. Os anos de recessão econômica ensinou às empresas que ser mais eficiente é uma necessidade — e startups como a VExpenses estão aproveitando a mudança de hábitos para deslancharem.