Startup faz barra de cereal com cerveja –e diz que é uma delícia

Negócio reaproveita grãos descartados na produção de cervejas artesanais.

São Paulo – Gosta de cerveja? E que tal comê-la? Essa é a proposta da Regrained, uma startup baseada em São Francisco, nos Estados Unidos, e que tem feito sucesso com barrinhas de cereal feitas de cerveja.

Toda a ideia surgiu quando um dos fundadores, Dan Kurzrock, decidiu produzir cerveja artesanal em casa – e descobriu que a produção mandava uma quantidade enorme de grãos direto para o lixo.

“Chegou um momento que pensei ‘deve ter um jeito melhor de fazer isso. Eu sentia como se estivesse jogando fora banheiras de aveia”, disse em entrevista à Forbes.

Preocupados com o desperdício, Kurzrock e seu amigo Jordan Schwartz começaram a produzir pães artesanais a partir dos grãos que sobravam na produção da cerveja. Pouco tempo depois, optaram pelas barrinhas de cereal, mais fáceis de fazer.

A matéria-prima utilizada vem das cervejarias artesanais da região de São Francisco. Segundo ReGrained, as cervejarias instaladas em áreas rurais em geral enviam os grãos usados para fazendas e sítios, onde eles são usados como alimento para os animais ou adubo para as plantas.

No entanto, com o boom das cervejarias artesanais, quem produz cerveja nos centros urbanos acaba ficando sem alternativa e muitas vezes descarta o material, que é rico em proteínas e fibras – e além de tudo saboroso, garante a startup.

“Não somos uma empresa de barras de cereal, nossa visão vai muito além disso”, afirmou Schwartz ao site da Fortune. Para os sócios, a grande questão é ser uma empresa que ajuda a reduzir o desperdício de alimentos no planeta.

“Nossa visão é ajudar o ecossistema urbano a fazer mais com menos através da criatividade e da inovação. A cada decisão, procuramos ter um impacto positivo para a comunidade e para o planeta”, afirma a startup em seu site.

Uma ótima notícia para o meio ambiente – e para os amantes de cerveja.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Sin embargo, el uso continuado de préstamos urgentes inmediatos purde
    conducir al prestatario a una situación indeseada de sobreendeudamiento. http://www.stunningtrend.com/groups/prestamos-personales-390343276/