Site permite que pequenos façam própria contabilidade

Contador Amigo cobra 50 reais por mês para prestar serviço de “contador virtual”

São Paulo – Apoiar os pequenos empreendedores para que eles possam fazer sua própria contabilidade. Essa é a proposta do site Contador Amigo, criado pelo empreendedor Vitor Maradei.

“Eu também sou pequeno empresário e queria criar algo para reduzir os custos e facilitar a vida de quem tem um negócio”, diz o criador do projeto.

Com um custo mensal de 50 reais para o empreendedor, o site reúne informações, tutoriais e ferramentas para que ele faça a própria contabilidade.

Entre os recursos oferecidos estão calendário fiscal, cálculo de impostos em atraso, envio da gfip, rais, check up fiscal, livro caixa e alterações contratuais, entre outros.

“Visitamos os órgãos competentes e mapeamos os processos mais comuns, como alterações contratuais, para poder automatizá-los”, explica Maradei.

Por enquanto, o serviço é voltado apenas a prestadores de serviços optantes pelo Simples, mas a ideia é expandir a gama de modalidades cobertas. Para os microempreendedores individuais, o uso da ferramenta é gratuito.