Simplificar a produção é caminho para faturar mais

Empresária e personal chef conta como melhorou os resultados do seu negócio

Brasília – Fácil, rápido e lucrativo. “A produção de salgados é uma das atividades mais satisfatórias para quem quer começar um negócio, pois o retorno é garantido”, revela a empresária e personal chef, Cida Rodrigues. Instrutora da oficina de salgados e confeitaria, realizada nesta sexta-feira (3), no XII Salão de Alimentação do Sebrae no Distrito Federal, ela ensinou também técnicas para minimizar o custo de produção e aumentar o faturamento de micro e pequenas empresas.

Há dois anos e meio em Brasília, a profissional sentiu o clima propício da cidade e decidiu investir alto na gastronomia. Especializou-se e hoje ministra aulas de culinária e também trabalha como personal chef em festas da cidade. “Brasília tem um mercado muito forte para este tipo de produto. Em minhas aulas, recebo milhares de pessoas que buscam se aperfeiçoar e ampliar o empreendimento, que muitas vezes começa na informalidade”, conta.

De acordo com Cida, devido à mão de obra escassa, os bons profissionais que se destacam, conquistam de vez o mercado. Recém-formada no curso de gastronomia, a jovem Tatiana Martino, buscou no salão de alimentação, informações para se formalizar. “Receber o apoio do Sebrae é fundamental, não só pela capacitação, mas pelas consultorias administrativas”.

O empreendedor individual, Alexandre Ferreira, também trabalha no segmento há pouco tempo e buscou no Alimenta capacitação para ampliar seu negócio. “Trabalho com a produção industrial de bombons finos, mas desejo agora investir na linha de salgados. Ambientes como este nos propícia capacitação técnica, administrativa e ainda fortalece o relacionamento com demais empresas do setor de alimentação”, afirma. “Em três dias de feira participei de Rodadas de Negócios na área industrial e de varejo e colhi novas ideias para ampliar meu empreendimento”, revela.