Sem giz nem lousa

São Paulo – O engenheiro Nilson Filatieri, de 29 anos, ajuda seus clientes a melhorar a qualificação da mão de obra. Ele é fundador da curitibana Eadbox, empresa que vende tecnologia de ensino a distância para companhias como IBM e Reckitt Benckiser.

“Criamos um ambiente para que os funcionários façam treinamentos via PC, tablet ou smartphone e recebam avaliações de desempenho online”, diz Filatieri. A Eadbox também adapta o sistema para empresas que querem vender os próprios cursos virtuais, como é o caso da Impacta e do Buscapé.

Quando nasceu, em 2010, a Eadbox era uma espécie de Mercado Livre de aulas a distância. “Qualquer pessoa podia criar e vender um curso por meio de nosso site”, diz Filatieri. “Com o tempo, mudamos o foco ao perceber que cresceríamos mais rapidamente licenciando a tecnologia para outras empresas.”