Sebrae Nacional está em busca de novos consultores

Os profissionais aprovados atuarão nas cadeias produtivas da construção civil, do setor automotivo, da saúde, entre outros

São Paulo – O Sebrae está em busca de consultores para atuarem na área de encadeamento produtivo, que são os programas em que as pequenas empresas passam a fazer parte da cadeia de produção de grandes empresas.

O edital de convocação saiu ontem e pode ser acessado no portal do Sebrae. A remuneração da consultoria será de 350 reais por hora e cada consultor poderá receber até 42 mil reais por mês. 

Os profissionais aprovados prestarão consultoria, quando houver demanda, para projetos do Programa Nacional de Encadeamento Produtivos nos setores da indústria, comércio, serviços e agronegócio.

Em comunicado, o presidente do Sebrae, Luiz Barretto, afirma que a criação do cadastro irá impulsionar as parcerias entre empresas de diferentes portes. “Queremos que os melhores profissionais do mercado nos auxiliem no desenvolvimento de novos projetos. Nesse sentido, precisamos de pessoas que conheçam as cadeias de valores e que saibam diagnosticar cada um dos pontos que podem ser explorados pelos pequenos negócios”, diz.

O Sebrae conta com 116 projetos nacionais e regionais de Encadeamento Produtivo que envolvem mais de 19,5 mil pequenas empresas e cerca de 60 companhias de grande porte.

Ainda de acordo com o comunicado, pesquisa recente do Sebrae mostrou que após as consultorias da instituição, 70% das empresas âncoras aumentaram a participação das pequenas no volume de compras e as vendas subiram 60%. Além disso, o programa ajudou na melhoria na qualidade dos produtos fornecidos pelos pequenos negócios para as grandes empresas.