Quer empreender nos EUA? Veja os melhores lugares e negócios

Estudo da Visa Franchise aponta locais e empreendimentos mais buscados por brasileiros que querem abrir empresas nos Estados Unidos. Confira:

São Paulo – Você já quis abrir seu próprio negócio nos Estados Unidos? Se a resposta for sim, não está sozinho. Segundo dados do consulado americano em São Paulo, o investimento brasileiro nos EUA aumentou 89% nos últimos cinco anos – e a tendência é que os aportes continuem a crescer.

As razões vão desde a fuga da crise econômica e um ambiente de negócios mais favorável até a identificação com a cultura americana e o desejo de uma melhor qualidade de vida. Nessa toada, cerca de 1,3 milhão de brasileiros já residem legalmente nos Estados Unidos, segundo o Ministério das Relações Exteriores (Itamaraty).

Porém, empreender não é uma tarefa fácil em nenhum lugar – especialmente em um país com tantos negócios. Por isso, a empresa que orienta imigrantes a abrirem negócios internacionalmente Visa Franchise elaborou um estudo focado no mercado americano, elencando os locais e empreendimentos com mais oportunidade de sucesso para os brasileiros.

Veja, a seguir, os melhores lugares e negócios para empreender nos EUA:

Os melhores lugares

Segundo a Visa Franchise, 90% dos brasileiros que vão abrir um negócio nos Estados Unidos escolhem o estado da Flórida como local de operação.

Para o consultor Jack Findaro, há várias razões por trás da preferência. “O primeiro motivo é a acessibilidade em relação ao Brasil. O voo direto ajuda muito na hora de ir e voltar para visitar a família, por exemplo”, afirma. “O segundo ponto é o clima, similar ao brasileiro. Por fim, a grande presença da comunidade brasileira na Flórida também ajuda na adaptação ao novo país.”

Afinal, a Flórida é o melhor local para brasileiros abrirem seus negócios? O estado é grande, com várias cidades e oportunidades de empreendimentos (especialmente os que aproveitam o clima e a proximidade com o mar).

Mesmo assim, Findaro também recomendaria outro estado com menos holofotes: o Texas. “É um estado muito grande e que apresenta muito crescimento dos negócios. Percebemos que os brasileiros que consideram o Texas como destino realmente pensam no potencial empresarial da região, e não em fatores acessórios.”

Veja também

Os melhores negócios

Findaro ressalta que muitos brasileiros recorrem às redes de franquias americanas na hora de se decidirem por um empreendimento. O consultor ressalta diversos motivos para tal opção.

“Primeiro, o franqueador é responsável por achar um local com bom movimento, dar treinamento operacional e ajudar no marketing da franquia, o que é um bom suporte a quem acabou de chegar aos Estados Unidos”, explica.

“Outro ponto é contar com uma marca já conhecida do mercado, o que contribui para o crescimento do negócio. Por fim, um modelo de negócio adaptado ao mercado americano é mais um atrativo para montar uma franquia.”

A Visa Franchise listou alguns segmentos promissores e preferidos pelos brasileiros, a partir da análise de 800 franquias e 80 áreas de negócios.

Os setores são: beleza e fitness; gestão de propriedade imobiliária; limpeza; e indústria de sobremesas congeladas. Findaro também cita como segmento promissor o mercado de pets, assim como ocorre no Brasil.

“Depende muito do seu perfil como empreendedor e suas escolhas de moradia e estilo de vida, claro, mas todas essas áreas estão crescendo rápido. Se a pessoa entra em um mercado acelerado, a expectativa é que as vendas e o faturamento acompanhem tal movimento.”

Veja também

Dicas para empreender nos Estados Unidos

O maior erro que os brasileiros cometem ao decidirem abrir um negócio nos EUA é achar que funcionará assim como no país de origem, afirma Findaro.

“Os Estados Unidos possuem costumes, interesses e regras completamente diferentes. Nós não conhecemos nenhum exemplo de empreendedor que se sustenta em longo prazo apenas pensando nos brasileiros. Faça um modelo de negócio que tenha potencial de expansão de público”, recomenda o consultor.

O remédio é planejar (muito) sua ida aos Estados Unidos. “Saiba quais são seus interesses, seu método de atuação e seu cronograma de implantação no país. Além disso, converse com pessoas experientes no setor e faça bom uso de todos os seus recursos, inclusive os financeiros. Por fim, sempre adote procedimentos legais.”

Quer saber mais sobre como empreender nos Estados Unidos, incluindo o passo a passo imigratório? Confira nosso especial sobre o tema:

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s