Quais são as diferenças entre modelo e plano de negócio

Especialista explica que um plano de negócio é o conjunto de informações e análises que todo empreendedor deveria realizar

Modelo vs Plano: o conceito de modelos de negócios

Respondido por Cynthia Serva, especialista em empreendedorismo

Responda rápido: qual a diferença entre modelo de negócio e plano de negócio? Apesar de terem nomes muito parecidos, eles são completamente diferentes, mas podem (e devem) ser complementares!

Enquanto um plano de negócio é um documento descritivo e longo, o modelo de negócio pode ter uma única página.

Entre muitas definições disponíveis, modelo de negócio é a explicação de como sua empresa cria, entrega e captura valor. Ou seja, como sua empresa pretende resolver um determinado problema e como e quanto irá cobrar desse cliente.

O conceito de modelo de negócio se tornou mais popular depois do Canvas, metodologia criada por Alex Osterwalder, como resultado de sua tese de doutorado com o propósito de auxiliar as pessoas a compreenderem os seus modelos de negócio. Segundo o autor, muitas empresas quebravam por não pensarem o seu modelo de negócio, e não o faziam porque não havia uma metodologia que possibilitasse isso.

Já um plano de negócio é o conjunto de informações e análises que o empreendedor deveria realizar a fim de confirmar se o negócio em que pretende investir é viável economicamente. Um plano de negócio mostrará os custos e as despesas do empreendimento, o investimento inicial necessário, a estratégia de crescimento e de marketing e vendas, e também a projeção de receita e lucro para os próximos anos.

Trata-se de um documento escrito descrevendo a natureza do negócio, a estratégia de vendas e marketing e análises financeiras. Portanto, o desenvolvimento de um plano de negócio estruturado ajuda a descrever e também a entender o modelo de negócio de uma empresa.

O Canvas irá ajudá-lo na fase de análise da oportunidade de mercado percebida pelo empreendedor. Com ele é possível compreender a essência do negócio, mas não o planejamento.

Depois dessa etapa, o próximo passo seria validar essas hipóteses, ou seja, confirmar se de fato existe um mercado consumidor disposto a pagar por seu produto ou serviço.

Feito isso, o plano de negócio irá auxiliar na busca do que será necessário para implementar o seu negócio. É ele quem poderá ajudá-lo a demonstrar a viabilidade ou não de seu empreendimento. Para isso, ter um modelo de negócio é essencial já que ele é utilizado para definir como o seu negócio produzirá os lucros esperados.

Cynthia Serva é coordenadora e professora do Centro de Empreendedorismo do Insper.