Prefeitura de SP lança política para apoiar startups

O Tech Sampa quer estimular a inovação e o empreendedorismo tecnológico na cidade

São Paulo – A Prefeitura de São Paulo anunciou hoje a criação de uma política de apoio a startups de tecnologia, a Tech Sampa. Segundo comunicado, a ideia é estimular a inovação e o empreendedorismo tecnológico, além de apoiar o desenvolvimento do ecossistema de startups na cidade, conectando as empresas a polos mundiais de tecnologia.

Serão quatro programas específicos dentro da política, comandados pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo ou pela Secretaria Municipal de Finanças e Desenvolvimento Econômico, conforme a área.

O primeiro programa é o VAI TEC, que pretende apoiar as iniciativas tecnológicas, financiando projetos inovadores ligados a TI e Comunicação.

Já o Programa de Fomento e Pré-Aceleração de Startups vai acelerar, com mentorias, infraestrutura e capital, empresas ainda em estágio inicial. Depois desta etapa, o Apoio a Aceleração de Startups, realizado em parceria com o Ministério de Ciência Tecnologia e Inovação (MCTI), continua oferecendo apoio às startups que já se consolidaram.

O quarto programa vai ajudar na capitalização de startups, que facilitando a vida dos empreendedores que precisam de capital em instituições financeiras, além de bancos de desenvolvimento e fundos. A iniciativa quer aumentar a base de investidores-anjo da cidade.

Fora dos programas, a prefeitura mantém ainda um Laboratório de ITS (Sistemas Inteligentes de Transporte), que fomenta pesquisa e apoia startups na área de mobilidade urbana.

O anúncio oficial pelo prefeito Fernando Haddad deve acontecer na sexta-feira, durante o fórum Construindo Startups de Classe Mundial, que vai reunir membros do governo, especialistas e empresários do setor.