Pagar conta e picar cebola: esta escola te ensinará a ser adulto

Conheça o Adulting Collective - uma comunidade de cursos e eventos para ajudar millennials a desenvolverem habilidades básicas da vida adulta

São Paulo – Você sabe quanto dinheiro tem na sua conta e como organizá-lo? E cortar vegetais? Ou tirar manchas de vinho? Ou, ainda, desentupir o ralo da pia e consertar um buraco na parede?

Muitos jovens – a famosa geração Y, ou millenial – podem ter dificuldades em tarefas domésticas que pareceriam básicas para seus pais.

Se você se encaixa nessa situação, a psicoterapeuta Rachel Weinstein e a educadora Katie Brunelle, da cidade de Portland (Maine, EUA), têm um recado: você é esperto e capaz –  é só sua educação que não lhe forneceu todas as habilidades de que você precisa para se virar no mundo.

Essa mensagem aparece, em letrais garrafais, no site do novo projeto das duas empreendedoras: o Adulting Collective, ou “Coletivo de virar adulto”.

“Você está combinando as peças do quebra-cabeça de um amadurecimento de sucesso – e nós temos essas peças”, continua o site. O objetivo do empreendimento, como se percebe, é dar suporte aos jovens adultos que procuram desenvolver habilidades que os tornarão um “adulto de sucesso”, por meio de uma educação divertida e sem constrangimentos ou intimidações.

O empreendimento ainda está em fase de estruturação, mas já há demanda: 10 mil pessoas se inscreveram para receber novidades e 80 já se pré-cadastraram para usufruir dos cursos e eventos (pagos) do Adulting Collective.

Ideia de empreendimento

A ideia surgiu quando Rachel Weinstein viu um anúncio de uma companhia de seguros, oferecendo um curso para jovens adultos sobre “coisas de seguros de gente grande”.

O cartaz fez com que ela se lembrasse da luta de muitos pacientes seus contra a falta de conhecimento em tarefas desempenhadas por adultos – o medo de não saber administrar o próprio dinheiro, principalmente. A psicoterapeuta, então, pensou em uma maneira de resolver o problema e ligou para a colega Katie Brunelle.

Na época, Brunelle já tinha 13 anos de carreira no ramo da educação e estava justamente indo a aulas de negócios focadas em criação de cursos. As duas se juntaram e desenharam a missão e a visão da Adulting School, que depois teria o nome mudado para Adulting Collective.

Weinstein argumentou ao site Quartz que os millenials têm tantas escolhas que ficam paralisados diante das possibilidades: eles podem viver onde quiserem, trabalhar de forma flexível e decidir se casar ou não.

Ao mesmo tempo, os jovens adultos encaram mudanças tecnológicas do dia para a noite e insegurança econômica. A “cultura do instantâneo” – pedir pasta de dentes pela Amazon, assistir a séries da Netflix, relacionar-se pelo Tinder – faz os millenials serem impacientes. Para a psicoterapeuta, eles ainda não teriam aprendido a formar amizades profundas que os ajudem a navegar a vida de um jovem adulto – seja pedir conselhos sobre profissões ou sobre como consertar aquele vidro quebrado em casa.

A psicoterapeuta Rachel Weinstein e a educadora Katie Brunelle, do Adulting Collective: empreendedoras criaram comunidade para ensinar habilidades "de gente grande"

A psicoterapeuta Rachel Weinstein e a educadora Katie Brunelle, do Adulting Collective: empreendedoras criaram comunidade para ensinar habilidades “de gente grande” (Adulting Collective/Instagram/Reprodução)

Como funciona?

Esse tipo de aconselhamento, no Adulting Collective, é feito por meio de webinars e eventos pontuais, que compreendem cinco pontos da vida adulta: bem-estar, faça você mesmo (“DIY”), carreira/trabalho, dinheiro e comunidade/relacionamentos. Além disso, como o próprio nome diz, o Adulting Collective é uma comunidade e é possível trocar conselhos online.

A assinatura mensal é de 19,99 dólares (na cotação atual, cerca de 64 reais). Atualmente, o empreendimento está recebendo pré-inscrições para sua comunidade e estruturando sua grade de cursos.

Quem aderir receberá e-mails com dicas práticas (por exemplo, “como dobrar um lençol de elástico” ou “como tirar manchas de vinho tinto”) e terá cursos de uma semana, com áudio, vídeo e textos selecionados de bons membros da comunidade.

Os associados também terão ingressos gratuitos ou de preço reduzido para os eventos e workshops presenciais do Adulting Collective – atualmente, eles acontecem na cidade de Portland. Os últimos eventos foram sobre aprender mecânica básica para carros, como limpar a cozinha e fazer receitas de beleza e saúde.

Evento do Adulting Collective sobre como cozinhar

Evento do Adulting Collective sobre como cozinhar (Adulting Collective/Instagram/Reprodução)

Mas será que o Adulting Collective é para você? O site da iniciativa elaborou um quizz para que usuários possam seu descobrir seu “quociente de adulto”. Ainda que o foco esteja nos millenials, não há restrições de idade para se inscrever nas atividades.

Algumas perguntas são se você sabe quanto dinheiro tem na conta e como fazer um orçamento básico; se você consegue picar vegetais e usar ervas e temperos; se você guarda documentos em um local seguro e se sabe se livrar do que não é mais usado; se você sabe trocar pneus e conferir o óleo de um carro; e se você sabe o que fazer caso queira mudar de carreira.

Segundo o Quartz, em março o site registrou 80 estudantes, e 147 professores se pré-inscreveram. Dez mil pessoas assinaram a lista de e-mails do Adulting Collective.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. I wish to express my passion for your kind-heartedness giving support to individuals who must have help on this particular
    situation. Your special dedication to passing the
    solution along had been especially invaluable and has always made
    somebody much like me to arrive at their targets.
    Your new invaluable tutorial means a great deal to me and even further to my peers.
    Warm regards; from all of us.

  2. |Sou realmente grato ao o dono deste site que compartilhou este ótimo artigo.
    Eu sou um leitor recorrente deste blog. Muito legal! http://www.lipodroxfunciona.com/greenlipo-funciona-mesmo-onde-comprar-greenlipo-qual-o-preco/

  3. |Este artigo é realmente uma perfeita ajuda para os
    pesquisadores que estão em busca de bons conteúdos.
    Parabéns. https://is.gd/cqp5GA

  4. Muito bom! Muito obrigado por falar sobre este tema, tenho dificuldade sobre esse assunto, mas agora
    lendo este post tudo tornou-se mais fácil. Certamente voltarei por aqui para postar algumas perguntas sobre o assunto.
    Mais 1 vez parabéns! http://socialmediainuk.com/story2535216/hiperplasia-com-lucidez

  5. luiz cesar r. e silva

    mas hoje temos escola para nossos pecurruchos que já os ensina muito sobre quase tudo(cozinhar, comprar em supermercado de mentirinha,pagar e dar troco,etc,etc). Seria bom que esses jornalistas procurassem essas escolas