O que você precisa saber sobre o manual da franquia

O especialista Adir Ribeiro lista quais são as informações importantes que costumam estar neste documento

O que diz um manual de franqueado?
Respondido por Adir Ribeiro, especialista em franquias

O manual da franquia deve ser encarado como o documento que agrupa todo o know-how da franqueadora para a operação e gestão de uma unidade franqueada. Assim, ao ter acesso a toda essa inteligência de negócio, amplia-se a chance de sucesso.

Tanto a franqueadora como os franqueados deverão adotar uma disciplina na leitura do conteúdo, atualização de suas equipes e busca de melhorias constantes. Hoje, diversos formatos estão sendo estruturados, como o uso do conteúdo na extranet da rede (com acesso rápido e dinâmico), uso de vídeos na consolidação do conhecimento, programas de capacitação baseados nos manuais da franquia, entre outros. Os principais capítulos do manual do franqueado são:

Institucional da empresa: missão, visão, valores da empresa franqueadora, história e evolução da empresa, principais obrigações das partes, papéis e responsabilidades da franqueadora e dos franqueados.

Implantação da unidade: planejamento da implantação, constituição da empresa franqueada e demais documentações, busca de ponto comercial, montagem da unidade, contratação de equipe e inauguração da unidade.

Gestão de pessoas: recrutamento e seleção, admissão, controle da equipe, remuneração e benefícios, gestão da equipe, disposições da CLT (leis trabalhistas).

• Marketing local: modelo de marketing na rede, ações de divulgação local e controles.

• Gestão de estoques de insumos da operação: orientações de compras de insumos e matérias-primas, lista de fornecedores homologados, especificações de produtos e controles de estoques.

• Manutenção e reparos: planejamento de manutenção e reparo de máquinas e equipamentos.

• Aplicação: conteúdos de capacitação.

• Operação dos serviços: procedimentos gerais de planejamento, organização e operação dos serviços oferecidos na unidade.

• Gestão do negócio: controles financeiros, gestão de fluxo de caixa, indicadores de desempenho e relatórios gerenciais.

• Vendas e atendimento ao cliente: procedimentos e rotinas de atendimento aos clientes. Conhecer com profundidade o conteúdo, praticá-lo no dia a dia e envolver todas as equipes nesse conhecimento são vitais para o sucesso de qualquer negócio.