Motorista de Uber cria canal no YouTube e vira empreendedor

"Em pouco tempo fui de empregado para desempregado, e agora sou empregador”, diz Marlon Luz que acaba de inaugurar negócio voltado para motoristas.

São Paulo – Em plena crise econômica, muita gente viu no Uber uma alternativa ao desemprego. Com o motorista Marlon Luz não foi diferente, mas ele foi um pouco além: fez da experiência um negócio.

Ele começou a dirigir pelo aplicativo em 2015, para ter uma segunda fonte de renda. Pouco tempo depois, porém, foi demitido da empresa de tecnologia onde trabalhava, e o que era apenas um bico se tornou sua principal ocupação.

Foi então que Luz começou a pensar em alternativas para ganhar mais dinheiro com o aplicativo. A primeira ideia surgiu de sua experiência anterior: ele trabalhava fazendo vídeos tutoriais para a Microsoft e resolveu aproveitar essa habilidade para criar um canal no YouTube sobre a vida de um motorista de aplicativo.

“Na época, o Uber pagava 700 reais para quem indicasse outros motoristas. Só que eu tinha me mudado para São Paulo havia pouco tempo, então não conhecia muita gente. Decidi então fazer o canal. Sempre no final dos vídeos eu colocava meu código de motorista e dizia para as pessoas usarem meu código na hora de se candidatar”, conta o empreendedor.

A estratégia deu certo. O canal Uber do Marlon tem hoje 300 mil inscritos – o vídeo de maior sucesso, “Quanto ganha um motorista Uber?”, teve quase 800 mil visualizações.

Mas o empreendedor não parou por aí. Após perceber que muitos motoristas não conseguiam obter resultados como ele nas corridas, criou um curso online, batizado de Motorista Top, que já teve 2 mil alunos.

Outra iniciativa foi a fabricação da Bolsa Térmica Top, uma bolsa para levar balas e água e um espaço para colocar mensagens aos passageiros. Em pouco mais de um ano foram 10 mil itens vendidos, afirma o empreendedor.

Ponto de apoio

Agora, Luz acaba de inaugurar seu mais novo empreendimento: o Ponto de Apoio Motorista Top, espécie de pit stop para motoristas de aplicativos e – por que não? – taxistas. O espaço fica num container alugado na Vila Mariana (av. Dr. Ricardo Jafet, 1730) e conta com banheiro, micro-ondas, água, café e itens para higiene do carro.

“A ideia surgiu depois de observar as necessidades dos motoristas. Hoje eles têm muita dificuldade de ir ao banheiro, por exemplo. Tem que pedir num restaurante ou num posto de gasolina, e muitas vezes são lugares sujos”, explica.

Luz investiu 15 mil reais na empreitada e espera conseguir um faturamento de 10 mil reais mensais no prazo de três meses. Os motoristas não pagam para usar o espaço – o empreendedor estabeleceu parcerias com patrocinadores, que investem para promover seus produtos no local. Por enquanto há quatro patrocínios fechados com empresas de telefonia e do setor automotivo.

Luz estima que o espaço receba 500 motoristas por dia. As próximas regiões a receberem um Ponto de Apoio Motorista Top devem ser zona leste de São Paulo, Campinas e Baixada Santista.

Apesar de o negócio ainda estar no início, o empreendedor já pensa em franquia. “Vamos analisar os dados do negócio durante seis meses para depois expandir para um modelo de microfranquia”, afirma.

É sempre bom lembrar que, ao investir numa franquia, o interessado deve verificar se a empresa tem números sólidos para apresentar.

Com tantos negócios, Luz afirma que hoje só dirige de vez em quando, para se manter em contato com a realidade dos motoristas – que se tornaram seus clientes. “Estou muito feliz. Em pouco tempo fui de empregado para desempregado, e agora sou empregador”.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Gabriel Ramos

    Boa matéria, porém os erros grotescos em relação ao nome dele são impressionantes.

  2. Ozz “PSC” y

    Esse cara é só mais um enganador pago pela UBER pra fazer marketing. Ele é o dia do pelos motoristas de UBER que se sentiram enganados ppr ele.

  3. Elitaxi Elitaxi

    isso aí é muito é safado vagabundo bandido safado explorando os próprios coitado você é um explorador rapaz fala do taxista mas o táxi tem uma licença para cada pessoa quem não sabe de merda nenhuma fala que o táxi é o monopólio mas é um taxista para cada alvara cada taxista tem a sua própria família para sustentar não é quarenta mil alvara para um só taxista isso é monopólio agora uma né Desse Daí vem fica aí falando merda ganhando dinheiro nas custas dos trouxas fazendo cursinho de vagabundo explorando os próprios pau mandado da Uber que é tão tudo escravo trabalha de graça uma corrida que dá 100 Paulo táxis faz por 30 r$ 40 gasta com 50 de álcool paga dez para trabalhar chega no final do dia acaba o carro todo no ganho um centavo e acha que tá ganhando são um bando de trouxa esse país só tem trouxa escravo que adora ser escravo você acha que o empresário rico filhinho de papai tá importando se você tá passando fome eu só quero que você se foda você é trouxa mesmo trabalho de graça e aqui nesse país aqui ó só tem Globo bando de viado da Globo tudo doente ganhando dinheiro com propaganda fala bem da Uber por causa que está ganhando a propina deles mas o dia que a Uber não paga mais eles pula fora que essa mídia suja nojenta brasileira é assim mídia mano tem que ser resolvido na bala esses bando de desgraçado

    1. ANDRE LUIZ GUEDES DOS ANJOS

      E você é um trouxa, idiota, e que pelas palavras que escreveu aqui, eu só posso ter pena dos seus passageiros! Procure tratamento!!!

  4. Elitaxi Elitaxi

    Esse tal de Marlon safado aí o enganador todos os motoristas da Uber odeia ele te quer matar ele Os Cara Desse cara ele é um safado pilantra agiota ele quer vender as coisas que é oferecer coisas só para ganhar dinheiro nas costas dos caras por lá fora é um enganador pilantra oportunista safado como a Uber é a Uber só dá valor vagabundo pilantra matador estuprador eu quero que se foda mulheres estupradas e mortas eu bater palma quero que se foda mano

    1. felipe sousa

      Quanta revolta. Pensou se todos os taxistas fossem que nem você, ninguém iria andar de táxi com medo. Já falou em matar, que não se preocupa com mulheres estupradas. Porque ao invés de ter tantas revolta você não se atualiza para criar novas opções de ganho. Não tenha inveja da capacidade dos outros. Aproveita volta para escola para aprender a escrever e criticar com tanta coisa escrita errada você não vai ter credibilidade nenhuma. Os motoristas uber não são ladrão, São todos pai de família que precisam trabalhar e sustentar suas famílias ou você preferia eles assaltando colocando uma arma na sua cabeça e levando todo seu ganho do dia. Pela sua conta sobre custos de combustível ficou claro que você é péssimo em matemática. Sou motorista uber a 1 anos sempre tive lucro, consigo manter meu carro em dia e minhas contas. Não faça criticas sem conhecer do assunto, faz o seguinte se cadastra na Uber para trabalhar depois você fala se consegue lucro ou não