Google busca jogos independentes brasileiros para aceleração em Singapura

Criadores de games podem se inscrever até 19 de maio no programa Indie Games Accelerator, com duração de seis meses

Depois de se aproximar de startups brasileiras que usam inteligência artificial, aprendizado de máquinas e atendimento por voz, a gigante de tecnologia Google agora está de olho nos desenvolvedores independentes de jogos. O buscador abriu inscrições para o programa de aceleração Indie Games Accelerator e, pela primeira vez, selecionará startups nacionais.

Com duração de seis meses, o programa tem como objetivo ajudar os melhores desenvolvedores de jogos de mercados emergentes a atingirem “seu máximo potencial no Google Play”, a loja de aplicativos para o sistema operacional Android, também da gigante de tecnologia.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas no site do programa até o dia 19 de maio. Os vencedores serão anunciados em 5 de junho. A aceleração presencial acontecerá em dois treinamentos entre julho e agosto, com graduação em dezembro.

É preciso ser maior de idade, mas não é preciso ter funcionários. Mais de um game pode ser inscrito, em formulários separados. Para quem ainda está dando os primeiros passos, a gigante de tecnologia possui uma “academia” sobre como desenvolver um bom aplicativo, incluindo os de jogos.

Indie Games Accelerator

O Indie Games Accelerator foi criado no ano passado, atendendo desenvolvedores de jogos da Índia, Paquistão e Sudeste Asiático. Nesta segunda edição, a seleção foi expandida para América Latina, Oriente Médio e África.

Os países atendidos pelo programa atualmente são Índia, Indonésia, Malásia, Paquistão, Filipinas, Singapura, Tailândia, Vietnã, Camboja, Sri Lanka, Mianmar, Bangladesh, Laos, Nepal, Turquia, Quênia, Nigéria, África do Sul, Jordânia, Líbano, Tunísia, Brasil, México, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Guatemala, Panamá, Paraguai, Peru e Uruguai.

Os participantes escolhidos serão convidados a participar de dois treinamentos com todas as despesas pagas no escritório do Google Ásia-Pacífico, em Singapura. Os desenvolvedores receberão mentorias personalizadas das equipes do Google e de especialistas do setor. Benefícios adicionais incluem a possibilidade de aparecer com destaque no Google Play; 20 mil dólares em créditos do Google Cloud Platform, plataforma de serviços em nuvem que inclui o Gmail e o Google Drive; um smartphone Google Pixel; e convites para eventos exclusivos do Google e do setor.